ASSINE
Jornalista de A Gazeta. Há 10 anos acompanha a cobertura de Economia. É colunista desde 2018 e traz neste espaço informações e análises sobre a cena econômica.

ES vai ter laboratório para ensinar a investir e a se livrar das dívidas

Fucape e Valor fizeram parceria e investiram em espaço voltado para a educação financeira

Publicado em 20/02/2020 às 12h09
Atualizado em 21/02/2020 às 16h25
Perspectiva de como será o laboratório de finanças na Fucape, em Vitória. Crédito: OGA Arquitetura
Perspectiva de como será o laboratório de finanças na Fucape, em Vitória. Crédito: OGA Arquitetura

Espírito Santo vai passar a ter um laboratório de finanças a partir de abril. O espaço será voltado para o segmento acadêmico e para a comunidade capixaba. A ideia é oferecer cursos e orientações que ajudem pessoas desde a se livrar de dívidas até como investir no mercado financeiro. 

A iniciativa é da instituição de ensino superior Fucape, que irá lançar o Finance Lab nesta sexta-feira (21), quando anuncia também a parceria firmada com a empresa Valor Investimentos. De acordo com o diretor-presidente da faculdade, Valcemiro Nossa, a proposta para o ambiente acadêmico é unir a teoria e a prática. Já para a comunidade externa, a intenção é disseminar a educação financeira, auxiliando consumidores a administrar melhor suas dívidas, a tomar crédito de forma consciente, a investir e a lidar de forma geral com o orçamento doméstico. 

"A ideia é trazer para dentro da sala de aula um mercado vivo e, ao mesmo tempo, ajudar os nossos alunos a enxergarem na prática como funciona o mercado financeiro.  Além disso, todo o laboratório estará aberto à comunidade e nele serão promovidos cursos gratuitos e pagos na área de finanças."

O laboratório vai contar com um painel que trará informações sobre ativos negociados em bolsas do mundo todo em tempo real. Trata-se do terminal da Bloomberg, que é usado mundialmente por milhares de companhias do mercado financeiro e especialistas, uma vez que o sistema conecta os profissionais a dados e análises 24 horas por dia.

Arildelmo Teixeira, que é coordenador do Inspira-ES - projeto de políticas sociais da Fucape -,  complementa que além do laboratório, outra forma de integração entre a academia, o mercado e a comunidade será por meio do hub de inovação. Esse espaço vai absorver empresas que busquem soluções para os seus negócios. 

"Queremos garantir 100% de suporte a esses empreendedores. Teremos espaço, tecnologia à disposição, assessoria, por exemplo, sobre como uma startup pode se financiar ou buscar investidores do mercado. Tudo isso feito pelos nossos alunos com a supervisão de professores da Fucape", explica Teixeira.

Perspectiva mostra como vai ficar o laboratório de finanças da Fucape em parceria com a Valor Investimentos. Crédito: OGA Arquitetura
Perspectiva mostra como vai ficar o laboratório de finanças da Fucape em parceria com a Valor Investimentos. Crédito: OGA Arquitetura

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo beatriz seixas dividas espírito santo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.