ASSINE
Jornalista de A Gazeta, há mais de 10 anos acompanha a cobertura de Economia. É colunista desde 2018 e traz neste espaço informações e análises sobre a cena econômica

Com investimentos de R$ 5 milhões, faculdade do ES aposta em expansão

A instituição de ensino Faesa está aportando os recursos com objetivo de oferecer mais opções de cursos, principalmente na modalidade de ensino a distância (EAD)

Vitória
Publicado em 09/07/2021 às 02h04
Ensino a distância: pandemia ampliou a oferta de cursos híbridos e virtuais
Ensino a distância: pandemia ampliou a oferta de cursos híbridos e virtuais. Crédito: Firmbee/Pixabay

A instituição de ensino Faesa está fazendo investimentos da ordem de R$ 5 milhões dentro do seu plano de expansão no Estado. O objetivo é aportar os valores para ampliar as opções de cursos de graduação, pós-graduação e técnico no mercado capixaba. 

O foco principal de crescimento é por meio da modalidade de ensino a distância, o EAD. Mais de 100 cursos passam a fazer parte da grade oferecida pelo centro universitário.

Esse tipo de ensino vem ganhando espaço nos últimos anos. Tanto é que dados do Censo de Educação Superior,  do Inep, mostram um avanço de 378,9% no período de 2009 a 2019. Para se ter uma ideia, o número de novos alunos em cursos superiores a distância aumentou 4,7 vezes, passando de 330 mil estudantes para mais de 1,5 milhão.

pandemia do novo coronavírus também contribuiu de certo modo para estimular a oferta de cursos não presenciais. Com as exigências de distanciamento, o aprendizado a distância passou a ter maior aceitação entre estudantes. 

CRESCIMENTO NA VENDA DE VEÍCULOS

No primeiro semestre deste ano, na contramão de marcas que sofreram com a falta de veículos ocasionada pela escassez de insumos necessários para a fabricação dos modelos, a Tai Motors (Hyundai) registrou 36% de crescimento na média de vendas em 2021 em relação a 2020.

A Hyundai conseguiu preservar sua produção nos seis primeiros meses do ano, garantindo o fornecimento dos modelos da família HB20 e o Creta no volume planejado para sua rede de concessionárias.

Produção de veículos na fábrica da Hyundai, em Piracicaba (SP)
Produção de veículos na fábrica da Hyundai, em Piracicaba (SP) . Crédito: Hyundai/Divulgação

Segundo o diretor da Tai Motors, Paulo Henrique Daltin, no país e também no Espírito Santo, o HB20 atingiu uma participação de mercado expressiva, alcançando a liderança de vendas entre os carros de passeio no acumulado entre janeiro e junho deste ano. O Creta, por sua vez, foi o mais vendido no segmento quando se considera apenas as vendas no varejo (unidades negociadas para pessoa física).

Mas o quadro registrado no primeiro semestre pode vir a sofrer alterações nesta segunda metade do ano. Nesta semana, a fabricante sul-coreana Hyundai interrompeu por completo a produção de veículos em sua fábrica de Piracicaba, no interior de São Paulo. O motivo? A falta de semicondutores. A escassez do insumo tem afetado o setor automotivo em escala mundial, com impactos na produção de várias montadoras no Brasil.

EMPRESA BAIANA CONTRATA PLATAFORMA DE GESTÃO DO ES

A capixaba Mitis Tecnologia, que atua na produção de plataformas digitais de gerenciamento de negócios, fechou contrato com a rede baiana de materiais de construção Irmãos Queiroz, uma das principais companhias do setor no Estado vizinho.

Com a prestação do serviço, a empresa baiana espera aumentar em pelo menos 50% o faturamento nesse primeiro ano que a plataforma de gestão vai ser implementada.

O CEO da Mitis, Rodrigo Maxwel, diz que a metodologia e as ferramentas adotadas permitem que os clientes vejam evolução nas atividades diárias, além da melhora dos resultados. 

“Isso é possível devido a economia de recursos que se consegue com o ajuste da gestão e a redução dos desperdícios e do retrabalho nas compras para formação do estoque”, explica Maxwel ao citar que além do setor de material de construção, a Mitis atende corretoras de imóveis, varejo, serviços e distribuidoras em geral.

Data: 30/10/2019 - ES - Vitória - Placas fotovoltaicas instaladas na Ufes (Centro de Línguas) para geração de energia. Usina solar é a terceira maior do país e a maior do ES
Placas fotovoltaicas para geração de energia limpa. . Crédito: Fernando Madeira

ES É O 18º ESTADO EM POTÊNCIA INSTALADA DE ENERGIA SOLAR

O Espírito Santo ocupa a 18ª posição entre os Estados brasileiros em potência instalada de energia solar na geração distribuída, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). O ES representa 1,8% de todo o parque brasileiro dessa fonte energética.

De acordo com a entidade, são 8.088 conexões operacionais de energia solar em telhados e pequenos terrenos, espalhadas pelos 78 municípios capixabas. Já em relação ao número de consumidores, são 9.185  os que já contam com redução na conta de luz e maior autonomia e segurança elétrica.

Conforme mapeamento da Absolar, o Espírito Santo possui 105,2 megawatts (MW) em operação nas residências, comércios, indústrias, propriedades rurais e prédios públicos.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Economia Economia Economia Espírito Santo Energia Renovável beatriz seixas Ensino a Distância

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.