ASSINE
A economia capixaba tem espaço aqui, com textos do economista, pesquisador e consultor, vinculado ao Instituto de Economia da UFRJ, membro do GEE, economista-membro da International Association for Energy Economics (IAEE) e do Institute for New Economic Thinking (INET)

Direcionamentos para a retomada econômica do ES em 2021

É necessário analisar as direções dos mercados e as mudanças tecnológicas e organizacionais que estavam em curso e foram aceleradas pela pandemia

Publicado em 25/01/2021 às 02h00
Economia do ES começa a se recuperar após a crise causada pelo coronavírus
Os estados brasileiros precisam reavaliar os rumos de suas economia. Crédito: Stock/Adobe

O sistema econômico global foi duramente afetado pela pandemia da Covid-19. Não foi uma crise setorial ou o colapso de uma parcela do segmento financeiro que promoveu a quebra monumental da economia, mas uma externalidade aos mercados, ligada à saúde da população, confirmando o caráter multifacetado do que é a tão buscada estabilidade, benéfica ao crescimento das economias. Emitiu-se o alerta para o cuidado com a proteção social da sociedade, o que engloba a saúde.

Agora, com a solução já encontrada para a pandemia – as vacinas – os Estados brasileiros precisam reavaliar os rumos de suas economias, uma vez que o apoio estatal nesse cenário de crise sistêmica é essencial para criar um ambiente favorável aos negócios e estimular a recuperação econômica. É necessário analisar as direções dos mercados e as mudanças tecnológicas e organizacionais que estavam em curso e foram aceleradas pela pandemia. Dessa forma, de posse do diagnóstico econômico, a elaboração de um plano de incentivos à retomada será eficaz, alocado dentro de uma agenda de desenvolvimento sustentado e compatível com o novo cenário global.

O investimento público neste momento de crise generalizada é fundamental para promover os primeiros estímulos econômicos, criando demandas e impulsionando a produção e o consumo. A atuação estatal serve de apoio a uma política anticíclica ao injetar, de imediato, recursos na economia, permitindo a retomada dos movimentos das cadeias produtivas e, por conseguinte, interrompendo a estagnação econômica.

Os projetos voltados ao setor energético e ao setor de infraestrutura precisam ser priorizados, pois guardam o potencial de gerar ramificações produtivas por entre os demais segmentos econômicos. Esse tipo de investimento proporciona a ampliação da competitividade local, ao promover a redução de custos logísticos e de produção.

Atrelada à priorização dos investimentos em infraestrutura e energia, deve haver ainda a priorização dos projetos ligados ao fortalecimento de cadeias produtivas já consolidadas no Espírito Santo ou com grande potencial de crescimento, com elos ainda não concebidos, como, a gasífera. Importante ressaltar que qualquer projeto estatal precisa ser factível e ter muito bem especificados os seus efeitos para a economia capixaba. Somente um planejamento exequível poderá contribuir para a retomada econômica, justamente por ser pautado na real capacidade de realização.

De forma concomitante ao desenvolvimento desse estoque de projetos estritamente estatais é essencial identificar outros potenciais projetos, que possam ser de interesse dos agentes privados. A tarefa seria apontar o que o Espírito Santo tem em potencial. Nesse caso, a existência de recursos naturais e energéticos a serem explorados apresenta uma miríade de possibilidades. Logo, pode-se indicar o potencial e as associações produtivas entre os recursos e os ativos econômicos existentes no ES.

Nesse sentido, alinhavar interesses e investimentos estatais e privados contribuirá para uma recuperação econômica muito mais acelerada. Saliente-se que a participação estatal nessa fase da crise é imprescindível, ampliando a execução de projetos do próprio Estado.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.