ASSINE
Oferecimento:
Modo de Visualização:

Instituto emite alerta vermelho de grande perigo de chuvas para o ES

Inmet elevou o grau de severidade para as regiões Norte, Noroeste e Serrana até a madrugada desta sexta-feira (12). Volumes podem ultrapassar os 100mm/dia, o que já foi observado em Aracruz e Santa Teresa

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 11/11/2021 às 13h18
Chuva no ES
As regiões Serrana, Norte e Noroeste do ES podem já registraram e podem registrar volumes acima dos 100mm de chuva nas próximas horas. Crédito: Reprodução/Inmet

O alerta de chuva que era laranja até a manhã desta quinta-feira (11), agora é vermelho para alguns municípios compreendidos nas Região Serrana, na Região Metropolitana, e todos nas áreas ao Norte e Noroeste do Espírito Santo. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), atualizou o grau de severidade para essas regiões capixabas e classificou as condições climáticas como "grande perigo" para acumulado de chuva até por volta da 3 horas da madrugada desta sexta-feira (12).

Desta forma, o aviso climático ressalta a grande possibilidade destas 35 cidades em vermelho observarem um volume de chuva superior a 60 mm/h ou acima de 100 mm/dia. Com a precipitação prevista, existe risco de grandes alagamentos e transbordamentos de rios e quedas de encostas nas áreas de risco.

CIDADES EM ALERTA VERMELHO

  • Água Doce do Norte
  • Águia Branca
  • Alto Rio Novo
  • Aracruz
  • Baixo Guandu
  • Barra de São Francisco
  • Boa Esperança
  • Colatina
  • Conceição da Barra
  • Ecoporanga
  • Fundão
  • Governador Lindenberg
  • Ibiraçu
  • Itaguaçu
  • Jaguaré
  • João Neiva
  • Linhares
  • Mantenópolis
  • Marilândia
  • Montanha
  • Mucurici
  • Nova Venécia
  • Pancas
  • Pedro Canário
  • Pinheiros
  • Ponto Belo
  • Rio Bananal
  • Santa Teresa
  • São Domingos do Norte
  • São Gabriel da Palha
  • São Mateus
  • São Roque do Canaã
  • Sooretama
  • Vila Pavão
  • Vila Valério

Na demais regiões do Estado, o Inmet manteve o alerta laranja para chuvas intensas e classificadas com grau de severidade de perigo. Desde a última terça-feira (9), o Inmet, Incaper e outros institutos que monitoram o tempo emitem alertas para condições adversas no Espírito Santo.

ARACRUZ FOI ONDE MAIS CHOVEU NAS ÚLTIMAS 24H

O aviso do Inmet para condições de chuva extrema vai de encontro com os temporais registrados em muitos municípios capixabas nas últimas horas. A Defesa Civil do Espírito Santo atualizou no fim a manhã desta quinta-feira (11) os números da chuva que atinge o Estado desde a última terça-feira (9). Na atualização mais recente, Aracruz, cidade ao Norte do Estado, registrou 152.56 mm nas últimas 24 horas. Este volume é tão expressivo que equivale a despejar 152,5 litros d'água em um espaço de 1 m².

Chuva no ES
Aracruz e Santa Teresa já ultrapassaram a marca de 100mm de chuva nas últimas 24 horas. Crédito: Divulgação/Defesa Civil e Cemaden

Além disso, a cidade foi a que marcou o maior índice pluviométrico em todo o estado no período. Santa Teresa, na Região Serrana, também está acima dos 100 mm de chuva nas últimas 24 horas. Outras cidades capixabas, como São Mateus, Ibiraçu e João Neiva também estiverem entre as que mais chuvas registraram.

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais ainda destaca para o risco moderado de movimentação de massa e enxurrada em áreas das cidades de Viana, Serra, Aracruz, Santa Teresa, São Mateus e João Neiva.

Devido aos estragos causados, sete pessoas, sendo cinco em Piúma, no Sul, e duas em João Neiva, ao Norte, estão desalojadas.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Aracruz Chuva no ES Inmet Santa Teresa aracruz chuva defesa civil

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.