Um jacaré morto é fotografado em uma área que foi queimada em um incêndio no Pantanal.
Um jacaré morto é fotografado em uma área que foi queimada em um incêndio no Pantanal. Crédito: Amanda Perobelli/REUTERS

Pantanal em chamas: 20 fotos que retratam a tragédia ambiental

Incêndios castigam a região desde o início do mês de agosto. Dados do Inpe também mostram que os pontos de queimada registrados em agosto foram mais da metade do total de 2020.

Publicado em 15/09/2020 às 13h04

Imagens tristes e impactantes mostram como o Pantanal, uma das regiões mais bonitas do Brasil, está sendo consumida pelos incêndios florestais que atingem o Mato Grosso do Sul.

Jacarés, jabutis e cobras são encontrados carbonizados. Outros animais vagam sem comida pelas áreas queimadas.

POCONE, MT, 07.09.2020 - QUEIMADA-PANTANAL - Vegetação é consumida pelo fogo ao longo da rodovia Transpantaneira, no Mato Grosso. O Pantanal foi o bioma mais atingido proporcionalmente pelas queimadas esse ano, com quase 10% de sua área consumida pelo fogo. (Foto: Lalo de Almeida/Folhapress)
Vegetação é consumida pelo fogo ao longo da rodovia Transpantaneira, no Mato Grosso. O Pantanal foi o bioma mais atingido proporcionalmente pelas queimadas em 2020, com quase 10% de sua área consumida pelo fogo. Crédito: Lalo de Almeida/Folhapress
***ARQUIVO***BARÃO DE MELGAÇO, MT, 13.08.2020- Trator faz aceiro para tentar o conter o fogo em um pasto da Fazenda São Francisco do Perigara, em Barão de Melgaço, Mato Grosso. (Foto: Lalo de Almeida/Folhapress)
Trator faz aceiro para tentar o conter o fogo em um pasto da Fazenda São Francisco do Perigara, em Barão de Melgaço, Mato Grosso. Crédito: Lalo de Almeida/Folhapress
Uma vista aérea mostra uma casa cercada por vegetação queimada no Pantanal, a maior área úmida do mundo, em Pocone, Mato Grosso, Brasil, 28 de agosto de 2020. REUTERS / Amanda Perobelli
Uma vista aérea mostra uma casa cercada por vegetação queimada no Pantanal. Crédito: Amanda Perobelli/REUTERS/Folhapress
Uma vaca se encontra em uma área que foi queimada em um incêndio em uma fazenda no Pantanal, a maior área úmida do mundo, em Pocone, estado de Mato Grosso, Brasil, 27 de agosto de 2020. REUTERS / Amanda Perobelli PROCURE
Uma vaca se encontra em uma área que foi queimada pelo incêndio em uma fazenda no Pantanal. Crédito: Amanda Perobelli/REUTERS
POCONE, MT, 07.09.2020 - QUEIMADA-PANTANAL - Vegetação é consumida pelo fogo ao longo da rodovia Transpantaneira, no Mato Grosso. O Pantanal foi o bioma mais atingido proporcionalmente pelas queimadas esse ano, com quase 10% de sua área consumida pelo fogo. (Foto: Lalo de Almeida/Folhapress)
Vegetação é consumida pelo fogo ao longo da rodovia Transpantaneira, no Mato Grosso. Crédito: Lalo de Almeida/Folhapress
Dorvalino Conceicao Camargo, 56, está na fazenda onde trabalha olhando para a fumaça de uma fogueira, subindo no ar, no Pantanal, maior pantanal do mundo, em Pocone, Mato Grosso, Brasil, 29 de agosto , 2020. REUTERS / Amanda Perobelli
Dorvalino Conceição Camargo, 56, está na fazenda onde trabalha olhando para a fumaça de uma fogueira, subindo no ar, no Pantanal. Crédito: Amanda Perobelli/REUTERS/Folhapress
Bombeiros do Estado de Mato Grosso abastecem seu caminhão com água enquanto se preparam para apagar um incêndio em frente a um funil de fumaça, em uma fazenda no Pantanal, a maior área úmida do mundo, em Pocone, Estado de Mato Grosso, Brasil, 28 de agosto, 2020. REUTERS / Amanda Perobelli
Bombeiros do Estado de Mato Grosso abastecem seu caminhão com água enquanto se preparam para apagar um incêndio em frente a um funil de fumaça, em uma fazenda no Pantanal. Crédito: Amanda Perobelli/REUTERS/Folhapress
Uma vista aérea mostra a fumaça subindo no ar ao redor do rio Cuiabá no Pantanal, a maior área úmida do mundo, em Pocone, estado do Mato Grosso, Brasil, 28 de agosto de 2020. REUTERS / Amanda Perobelli PROCURE
Uma vista aérea mostra a fumaça subindo no ar ao redor do rio Cuiabá no Pantanal. . Crédito: Amanda Perobelli/REUTERS
Sebastião Baldi Silva Junior, 40, que trabalha em uma fazenda, tenta apagar um incêndio em uma fazenda no Pantanal, a maior área úmida do mundo, em Pocone, Mato Grosso, Brasil, 26 de agosto de 2020. TPX IMAGENS DO DIA PROCURE ESTA HISTÓRIA
Sebastião Baldi Silva Junior, 40, que trabalha em uma fazenda, tenta apagar um incêndio em uma fazenda no Pantanal. Crédito: Amanda Perobelli/REUTERS
A fumaça de um incêndio sobe no ar enquanto as árvores queimam entre a vegetação no Pantanal, a maior área úmida do mundo, em Pocone, estado de Mato Grosso, Brasil, 3 de setembro de 2020. REUTERS / Amanda Perobelli
A fumaça de um incêndio sobe no ar enquanto as árvores queimam entre a vegetação no Pantanal. Crédito: Amanda Perobelli/REUTERS/Folhapress.
POCONE, MT, 13.09.2020 - INCÊNDIO-PANTANAL - Voluntários da ONG Ecotropica enchem um coxo com água para os animais na rodovia Transpantaneira, no Pantanal Mato-Grossense, próximo ao Porto Jofre.  (Foto: Lalo de Almeida/Folhapress)
Bombeiro observa o fogo consumindo a vegetação no Pantanal. Crédito: Lalo de Almeida/Folhapress.
Bombeiro segura uma mangueira enquanto tenta apagar um incêndio em uma fazenda no Pantanal, a maior área úmida do mundo, em Pocone, Mato Grosso, Brasil, 26 de agosto de 2020. REUTERS / Amanda Perobelli PROCURE
Bombeiro segura mangueira enquanto tenta apagar um incêndio em uma fazenda no Pantanal. Crédito: Amanda Perobelli/REUTERS
POCONE, MT, 13.09.2020 - INCÊNDIO-PANTANAL - Voluntários da ONG Ecotropica enchem um coxo com água para os animais na rodovia Transpantaneira, no Pantanal Mato-Grossense, prpximo ao Porto Jofre.  (Foto: Lalo de Almeida/Folhapress)
Voluntários da ONG Ecotropica enchem um coxo com água para os animais na rodovia Transpantaneira, no Pantanal Mato-Grossense, próximo ao Porto Jofre. Crédito: Lalo de Almeida/Folhapress
POCONE, MT, 07.09.2020 - QUEIMADA-PANTANAL - Vegetação é consumida pelo fogo ao longo da rodovia Transpantaneira, no Mato Grosso. O Pantanal foi o bioma mais atingido proporcionalmente pelas queimadas esse ano, com quase 10% de sua área consumida pelo fogo. (Foto: Lalo de Almeida/Folhapress)
Vegetação é consumida pelo fogo ao longo da rodovia Transpantaneira, no Mato Grosso. . Crédito: Lalo de Almeida/Folhapress
Isabella Cristina Pereira Britto, estudante de veterinária, e Eduarda Fernades, guia local, inspecionam uma cobra morta em uma área que foi queimada em um incêndio no Pantanal, o maior pantanal do mundo, em Pocone, Mato Grosso, Brasil, 31 de agosto , 2020. REUTERS / Amanda Perobelli
Cobra morta em uma área que foi queimada em um incêndio. Crédito: Amanda Perobelli /REUTERS /Folhapress
POCONE, MT, 07.09.2020 - QUEIMADA-PANTANAL - Jabuti morre queimado as margens da rodovia Transpantaneira. O Pantanal foi o bioma mais atingido proporcionalmente pelas queimadas deste ano, com quase 10% de sua área consumida pelo fogo. (Foto: Lalo de Almeida/Folhapress)
Jabuti morre queimado às margens da rodovia Transpantaneira. O Pantanal foi o bioma mais atingido proporcionalmente pelas queimadas deste ano, com quase 10% de sua área consumida pelo fogo. Crédito: Lalo de Almeida/Folhapress
POCONE, MT, 13.09.2020 - INCENDIO-PANTANAL - Onça-pintada descansa em área queimada às margens do rio Três Irmãos, no Parque Estadual Encontro das águas, no Pantanal, próximo ao Porto Jofre.  (Foto: Lalo de Almeida/Folhapress)
Onça-pintada descansa em área queimada às margens do rio Três Irmãos, no Parque Estadual Encontro das águas, no Pantanal. Crédito: alo de Almeida/Folhapress
Ariranha come peixe enquanto nada no rio Cuiabá, em meio à fumaça de um incêndio, dentro do Parque Estadual Encontro das Águas, no Pantanal, maior pantanal do mundo, no estado de Mato Grosso, Brasil, 3 de setembro de 2020. REUTERS / Amanda Perobelli
Ariranha come peixe enquanto nada no rio Cuiabá, em meio à fumaça de um incêndio, dentro do Parque Estadual Encontro das Águas, no Pantanal. Crédito: Amanda Perobelli/REUTERS/Folhapress
PASSO FUNDO,RS,11.09.2020:PÔR-SOL - Pôr do sol visto do centro de Passo Fundo (RS), nesta sexta-feira (11). O Estado do Rio Grande do Sul é o mais afetado pela fumaça das queimadas no Pantanal. Há também focos de queimadas no próprio Estado, Uruguai e Argentina. (Foto: Diogo Zanatta/Futura Press/Folhapress)
Pôr do sol visto do centro de Passo Fundo (RS), nesta sexta-feira (11). O Estado do Rio Grande do Sul é o mais afetado pela fumaça das queimadas no Pantanal. Crédito: Diogo Zanatta/Futura Press/Folhapress

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.