ASSINE

Mortes por Covid-19 caem 95% em cidade de SP após vacinação em massa

Em Serrana, número de casos sintomáticos caiu 80% e as internações foram reduzidas em cerca de 86% enquanto 15 cidades vizinhas registravam alta no número de infectados

Publicado em 31/05/2021 às 13h18
Moradores de Serrana, interior de São Paulo, na fila para serem vacinados com a Coronavac, contra a Covid-19, no primeiro dia da vacinação em massa
Moradores de Serrana, interior de São Paulo, na fila para serem vacinados com a Coronavac, contra a Covid-19, no primeiro dia da vacinação em massa. Crédito: Eduardo Anizelli/Folhapress

A oferta de Coronavac para toda a população de Serrana (SP) diminuiu em 95% o número de óbitos por Covid-19 na cidade do interior paulista, mostram resultados preliminares de estudo feito pelo Instituto Butantan e divulgados pelo Fantástico, da TV Globo, na noite deste domingo (30).

De acordo com a reportagem, o número de casos sintomáticos caiu 80% e as internações foram reduzidas em cerca de 86% enquanto 15 cidades vizinhas registravam alta no número de infectados. O número de novos casos de Covid caiu de 699 em março para 251 em abril. Já o de mortes passou de 20 para seis no mesmo período.

Segundo a pesquisa, que será apresentada em mais detalhes em coletiva de imprensa no Butantan nesta segunda-feira (31), o controle da transmissão no município se deu quando 75% da população elegível estava vacinada, o que indica que esse é o porcentual de imunizados que precisaríamos ter no País para atingir a imunidade de rebanho pela vacina e frear o vírus.

Neste domingo, com a campanha nacional de imunização em ritmo lento, o Brasil tinha 21% de vacinados com a primeira dose, dos quais apenas 10% receberam também a segunda aplicação.

A cidade de Serrana, que fica a 315 quilômetros da capital paulista, foi escolhida pelo Instituto Butantan, governo do Estado e Universidade de São Paulo, para um estudo sobre os efeitos da vacinação em massa na população adulta. Ao todo, 27.160 mil habitantes acima de 18 anos receberam as duas doses da Coronavac em uma campanha finalizada em meados de abril.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
São Paulo (SP) Coronavírus Covid-19 Vacina Vacinas contra a Covid-19

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.