> >
Collor perde R$ 20 milhões de patrimônio em quatro anos

Collor perde R$ 20 milhões de patrimônio em quatro anos

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O senador Fernando Collor (PTB-AL) perdeu R$ 20 milhões de patrimônio de 2018 para cá, de acordo com o registro da sua candidatura ao governo de Alagoas no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Publicado em 15 de agosto de 2022 às 18:19- Atualizado há 2 anos

Ícone - Tempo de Leitura 1min de leitura

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O senador Fernando Collor (PTB-AL) perdeu R$ 20 milhões de patrimônio de 2018 para cá, de acordo com o registro da sua candidatura ao governo de Alagoas no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A queda representa 76,4% do total de bens.

Nas últimas eleições, o ex-presidente declarou ter patrimônio de R$ 20.683.101,57 e uma lista extensa de bens. Só de crédito decorrente de empréstimos, o parlamentar acumulava R$ 6,8 milhões.

Um dos 11 carros declarados era avaliado em R$ 943.611,73; ele afirmava ainda ter seis prédios residenciais e duas embarcações que, somadas, valiam R$ 46 mil. Com a correção do IPCA, o patrimônio declarado em 2018 valeria, hoje, R$ 26.382.859,70.

Em 2022, no entanto, Collor afirmou ter apenas R$ 6,2 milhões. O bem mais caro do senador é uma casa de R$ 4 milhões. Os créditos decorrentes de empréstimo, os prédios e as embarcações, por exemplo, não constam mais na declaração.

Procurada, a assessoria de imprensa do senador não se manifestou até a publicação desta nota.

Este vídeo pode te interessar

Collor será o palanque do presidente Jair Bolsonaro (PL) em Alagoas. Embora no âmbito nacional seja aliado do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), no estado, o seu candidato, Rodrigo Cunha (União) não apoia o presidente.

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais