ASSINE

Artistas e personalidades lamentam a morte de Antunes Filho

O diretor Antunes Filho morreu aos 89 anos na noite desta quinta-feira, 2 em São Paulo

Publicado em 03/05/2019 às 09h03
Antunes: "A vida está essa porcaria no Brasil e no mundo, então cabe aos artistas mostrar que a vida é uma festa". Crédito: Foto: Divulgação/Bob Sousa
Antunes: "A vida está essa porcaria no Brasil e no mundo, então cabe aos artistas mostrar que a vida é uma festa". Crédito: Foto: Divulgação/Bob Sousa

O diretor Antunes Filho morreu aos 89 anos na noite desta quinta-feira, 2 em São Paulo. Um dos mais importantes encenadores do teatro brasileiro, Antunes estava internado no Hospital Sírio Libanês desde a semana passada. O velório será no Teatro Anchieta, no Sesc Consolação, na região central da capital, a partir das 8h desta sexta, 3. Nas redes sociais, artistas e personalidades lamentaram a morte do diretor teatral.

"Foram 11 dias torcendo por sua recuperação. Não adiantou. Perco um grande amigo e todos nós perdemos um grande artista", escreveu o cenógrafo J. C Serroni.

O escritor Marcelo Rubens Paiva também se manifestou. "Fui para dramaturgia por conta do Antunes Filho. Como fã e aprendiz. Fiz CPT (Centro de Pesquisas Teatrais) e segui toda sua obra, de Macunaíma a Nelson. Inclusive sua antidramaturgia. Sua morte não precisava. Especialmente agora, que a cultura precisa resistir! Preferiu partir, ao ver o Sesc ser atacado."

"Antunes Filho, um dos maiores diretores de teatro de todos os tempos do Brasil, acaba de falecer. Luto no teatro. Luz infinita à ele. Obrigada por sua arte Antunes", escreveu Leona Cavalli, atriz

"O teatro brasileiro de luto! Hoje quem nos deixou foi Antunes Filho, um dos maiores diretores teatrais do Brasil. Meus sentimentos aos familiares e amigos", disse Walcyr Carrasco, escritor e roteirista

"Não tenho a manha de dizer para as pessoas o quanto gosto delas. Mas tenho certeza que você já sabia. Você sempre soube de tudo", registrou o dramaturgo e diretor Mário Bortolotto.

"Foi-se Antunes Filho, mestre que me iniciou nas artes, assim como fez tantos outros atores, atrizes, autores e diretores de teatro. Gratidão, Magrão", anotou o jornalista e apresentador Marcelo Tas.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.