ASSINE

Localização estratégica atrai novos investidores para Presidente Kennedy

Próxima dos grandes centros do país, cidade vai assumir protagonismo no escoamento da produção nacional com a chegada do Porto Central

Tempo de leitura: 3min
  • Prefeitura de Presidente Kennedy

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 30/05/2022 às 17h39
Foto para especial publicitário, favor não usar.
Vista aérea do centro de Presidente Kennedy: cidade ostenta o posto do maior PIB per capita do país. Crédito: Prefeitura de Presidente Kennedy/Divulgação

No Sul do Espírito Santo, Presidente Kennedy, uma cidade de pouco mais de 11.500 habitantes, tem se tornado casa de grandes investimentos e ostenta o posto do maior PIB per capita tanto do Estado como do Brasil.

Mas o que tem levado a região a receber tantos novos negócios e a continuar a atrair capital nacional e estrangeiro? Uma das explicações é sua localização geográfica.

Com uma posição central na costa brasileira, próximo à BR 101 e aos estados de Rio de Janeiro e Minas Gerais, a cidade se apresenta como um importante ponto de escoamento da produção estadual e nacional, como destaca o secretário de desenvolvimento do município, Flávio Matos.

“Estamos em uma situação privilegiada. Se dividirmos o Estado em dois, mesmo quem produz no Norte vai passar por nossa porta, porque ficamos no meio do caminho para os grandes centros”, explica Matos, que completa:

“Além disso, empresários de locais como Rio e Minas podem instalar suas empresas aqui em Presidente Kennedy, aproveitar um ambiente fiscal mais favorável, com diversos incentivos, e continuar perto de seu maior público consumidor, já que estamos geograficamente próximos a esses estados.”

PORTO CENTRAL É DIVISOR DE ÁGUAS

Esta localização foi fundamental para que Kennedy recebesse o Porto Central. O empreendimento, visto como um divisor de águas não só para a economia local, como de todo o país, deve começar a operar até 2026.

Com mais de 20 milhões de metros quadrados, o Porto servirá como um dos mais novos complexos industriais portuários de águas profundas do Brasil, com um calado de 25 metros, capaz de receber os maiores navios do mundo. O porto movimentará diversos tipos de cargas, como petróleo e gás, energia, apoio offshore, grãos, fertilizantes, minérios, contêineres, carga geral, entre outros.

“O Porto Central possibilitará uma mudança da rota logística do país, por sua alta capacidade de escoamento. Hoje, o Brasil não dá conta de escoar toda a produção de grãos, por exemplo, e com este Porto será possível. Para Presidente Kennedy, será uma grande mudança de patamar tanto populacional como econômico. Temos potencial de sermos um grande parque logística do país”, lembra Flávio Matos.

Foto para especial publicitário, favor não usar.
Próximo à BR 101 e aos estados de Rio de Janeiro e Minas Gerais, a cidade se apresenta como um importante ponto de escoamento de produção. Crédito: Prefeitura de Presidente Kennedy/Divulgação

FERROVIAS E INVESTIMENTOS

Outra novidade que fortalece a vocação do município para receber grandes empreendimentos serão as ferrovias que vão ligar o município ao Rio de Janeiro (EF-118) e ao Centro-Oeste do Brasil (EF-354).

Em setembro de 2021, a Macro Desenvolvimento LTDA apresentou proposta para construir e operar uma nova linha férrea com 610 km de extensão, ligando os municípios de Presidente Kennedy, no Espírito Santo, às cidades mineiras de Conceição do Mato Dentro e Sete Lagoas, em um investimento de R$ 14 bilhões.

VOCÊ SABIA?

Em 2021, o município de Presidente Kennedy registrou o maior PIB per capita do país: R$ 464.883,49, puxado pela extração de petróleo. No mesmo ano, o PIB per capita brasileiro foi de R$ 35.161,70. Os dados são da pesquisa Produto Interno Bruto dos Municípios 2019, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

CONHEÇA PRESIDENTE KENNEDY

População:

11 658 habitantes

Área:

594,897 km²

Localização:

Extremo Sul do Espírito Santo

PIB per capita:

R$ 464.883,49

Este é um conteúdo de responsabilidade do anunciante.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.