ASSINE

Governo do ES prorroga revezamento e trabalho remoto de servidores

Medida foi adotada em 15 de março e terminaria na segunda (5);  prazo foi estendido para conter a circulação de pessoas e controlar a disseminação da Covid-19

Publicado em 01/04/2021 às 20h38
Programa Jovens Valores abre vagas de estágio para estudantes do ensino médio.
Estagiários do Programa Jovens Valores também poderão desempenhar suas atividades remotamente se estiverem em grupo de risco. Crédito: Seger

O  governo do Estado decidiu prorrogar até 16 de abril o revezamento de trabalho remoto e presencial dos servidores. A medida foi implementada em 15 de março e, a princípio, terminaria em 21 dias, ou seja, na próxima segunda-feira (5). O prazo foi estendido, porém, na tentativa de conter ainda mais a circulação de pessoas e, consequentemente, a disseminação da Covid-19

A prorrogação foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (1º), em portaria da Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger). Em outra publicação, o órgão ainda abriu a possibilidade de atividade remota para os estagiários do Programa Jovens Valores do grupo de risco do coronavírus, desde que façam o requerimento formal. O prazo de vigência também é até 16 de abril. 

No decreto 4836-R, que trata sobre medidas para enfrentamento da Covid-19, ficou estabelecido o regime excepcional de revezamento de jornada de trabalho presencial e remoto para reduzir a circulação e aglomeração nos prédios públicos. Cada setor deve ter, no mínimo, 50% de servidores. 

A medida não se aplica ao quadro do magistério; às unidades de saúde; às unidades prisionais e de internação socioeducativa; às unidades que operam em regime de plantão ou que não admitam paralisação; e ainda aos setores cujas atividades sejam definidas como imprescindíveis para o seu adequado funcionamento. 

A Gazeta integra o

Saiba mais
Governo do ES Covid-19 servidores Pandemia Quarentena no es

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.