ASSINE
O cotidiano das nossas cidades, a cultura, a política, a economia e o comportamento da sociedade estão no foco da coluna, que também acompanha de perto as políticas públicas e suas consequências para os cidadãos

Poucas&Boas: Candidato na Serra apela até para ex-presidente do Flamengo

Fábio Duarte, apoiado pelo prefeito Audifax Barcelos, exibiu um vídeo com depoimento de Eduardo Bandeira de Mello

Vitória
Publicado em 28/10/2020 às 16h42
Atualizado em 28/10/2020 às 16h45
Bandeira de Mello e Fábio: pela Serra e pelo Flamengo
Bandeira de Mello e Fábio: pela Serra e pelo Flamengo. Crédito: Amarildo

Alô, nação rubro-negra! Sobrou até para o ex-presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello tentar convencer os corações dos flamenguistas – e de outros torcedores – serranos para que o candidato Fábio Duarte (Rede) seja eleito prefeito da Serra.

“Fábio Duarte é um sucessor perfeito do Audifax Barcelos, meu amigo também. A Serra é uma cidade dinâmica por causa de Audifax”, afirmou Bandeira de Mello, enchendo a bola da dupla. No entanto, a fala serve mais para animar um time que está patinando na competição que é realizada a cada quatro anos na cidade.

Fábio Duarte precisa ter um desempenho tão avassalador quanto o do rubro-negro no ano passado para tentar levar o jogo para o segundo turno. Na pesquisa Rede Gazeta/Ibope, divulgada no último dia 19, o pupilo de Audifax ocupava somente a quarta posição na intenção estimulada de voto, com 7% das preferências, levando uma goleada do líder Sérgio Vidigal (PDT), com 46%.

Talvez tivesse sido melhor chamar o gajo Jorge Jesus, hoje técnico do Benfica, de Portugal.

HISTÓRICO NÃO AJUDA

Bandeira de Mello ajudou a recuperar as finanças do time rubro-negro, atual campeão brasileiro e da Libertadores. Mas em questão de títulos, sua gestão (2013-2018) foi um fracasso. Dos 23 campeonatos disputados, o Flamengo conquistou três e teve outros três vices. No resto, amargou insucesso, assim como está sendo a sua candidatura para a Prefeitura do Rio de Janeiro, também pela Rede.

AMNÉSIA ELEITORAL

Ex-aliado de primeira hora do Republicanos, sendo inclusive coordenador da campanha de Amaro Neto a prefeito de Vitória em 2016, o vereador Max da Mata tem adotado um tom agressivo contra o delegado Lorenzo Pazolini (Republicanos). Max, que chegou a ser um dos grandes opositores do prefeito Luciano Rezende na Câmara de Vereadores, parece ter passado uma borracha no passado e hoje só tem olhos para Gandini.

ONDE ESTÁ ERON?

Alguém já viu o candidato Eron Domingos (PRTB), que quer ser prefeito de Vitória?

TAPA NO VISUAL

Neuzinha (PSDB) encontrou tempo para tratar do seu visual. A única mulher na disputa em Vitória cortou os cabelos e fez todos os procedimentos em um badalado salão de beleza na Enseada do Suá.

ZZZZZZZZZ...

Está com insônia? Talvez assistir à propaganda de Neucimar Fraga o ajude.

ELEITOR METROPOLITANO

As pesquisas Ibope divulgadas por A Gazeta apontam: há muitos eleitores indecisos. Mas, nas ruas, a indecisão pode ser ainda maior. Tem eleitor rodando de carro por aí com adesivo de candidato a prefeito de Cariacica ao lado de outro com candidata a vereador, mas de Vila Velha.

NO AZUL

Entre os cinco candidatos mais bem colocados segundo a pesquisa Ibope para a Prefeitura de Vila Velha, quatro deles gastaram menos recursos do que arrecadaram para suas campanhas. Candidato à reeleição e líder na primeira pesquisa, Max Filho (PSDB) soma R$ 324.370,01 em recursos financeiros, enquanto os gastos são de R$ 273.654.

TAMBÉM NO AZUL

Em terceiro lugar na pesquisa, Arnaldinho Borgo (Podemos) já arrecadou R$ 256.200 enquanto os gastos somam R$ 81.382. Amarildo Lovato (PSL), em quarto nas intenções de voto, arrecadou R$ 192 mil e declarou R$ 30.869 em despesas. A seguir, Monica Alves (Psol), com a campanha mais enxuta, recebeu R$ 6.697,84 de seu partido e gastou R$ 1.293,78.

NO CHEQUE ESPECIAL

Já o ex-prefeito Neucimar Fraga (PSD), que está entre os líderes, ficou no vermelho por pouco: já gastou R$ 111.820 enquanto arrecadou R$ 110 mil.

CONTARATO NA PISTA

O senador Fabiano Contarato (Rede) tem sido presença constante na campanha de Rafael Primo (Rede) em Vila Velha. Primo, contudo, ainda não saiu da primeira marcha na preferência do eleitor canela-verde.

SEPARADOS POR UM LIVERPOOL

Arnaldinho Borgo (Podemos) tem feito referências à sua suposta semelhança com o atacante do Liverpool e da seleção brasileira, Roberto Firmino.

SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Subtenente Assis (PTB) diz que a corrupção não vai existir caso seja eleito prefeito de Cariacica.

NA ONDA DO GOVERNADOR

Gedson Paulino (Republicanos) tem exibido vídeos, com o apoio do governador Renato Casagrande (PSB), para decolar sua candidatura em Iconha. O município foi duramente castigado pelas chuvas do início do ano e o governador esteve na região por diversas ocasiões.

CIDADE MACHISTA?

Maricélis (Cidadania) divulgou aos eleitores de Colatina que, em quase 100 anos de existência, o município nunca teve uma prefeita. E que ela está preparada para suceder Sérgio Meneguelli (Republicanos).

ORIGEM FEMININA

Curiosamente, o nome da cidade é homenagem a uma mulher, dona Colatina, mulher de Muniz Freire.

MUNDO PARALELO

Sete meses de pandemia, 3.817 mortos no Estado, e é assustadora a quantidade de fotos de candidatos e militantes sem máscara, abraçando populares, aglomerados em caminhadas e reuniões. Os políticos podem não ser exemplo para muitas coisas, mas, em questão de cuidados, deveriam ser referências.

O NOME DELA É... ELIDEA

Na onda das paródias musicais, Elidea (Podemos) pegou a base de “Jenifer”, de Gabriel Diniz, para colocar o hit chiclete - e ela - na cabeça dos eleitores de Irupi. Não se admire se alguém soltar, sem querer, “O nome dela é Jenifeeeeeeer”.

TRIO DE ATAQUE

O nome de guerra dos candidatos a prefeito de Mucurici são dignos de atacantes dos anos 1960. Com vocês, Atanael (MDB), Bolota (PSB) e Chabinha (PT). Resta só saber quem será o artilheiro destas eleições.

CANDIDATOS COM EVANGÉLICOS

Candidatos à Prefeitura de Vitória vão ser ouvidos nesta quinta-feira (29) pelo Fórum Evangélico do Estado do Espírito Santo. O evento será realizado das 9h às 11h, no auditório da Igreja Batista, em Jardim da Penha

HOMENAGEM AOS SERVIDORES

João Coser (PT) e Lorenzo Pazolini (Republicanos) foram os únicos candidatos, em Vitória, a acenarem aos servidores públicos durante o programa vespertino desta quarta-feira (28), Dia do Servidor Público.

ALÔ, POVO BRASILEIRO!

A privatização do SUS interessa a quem?

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.