ASSINE

Motorista de ônibus escolar morre e 25 alunos se ferem em acidente em SC

O motorista conduzia o veículo no trajeto entre as cidades de Treviso e Criciúma (SC) quando colidiu contra uma retroescavadeira

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 04/07/2022 às 15h26
A Polícia Rodoviária de Santa Catarina investiga as causas do acidente que envolveu um ônibus escolar e uma retroescavadeira
A Polícia Rodoviária de Santa Catarina investiga as causas do acidente que envolveu um ônibus escolar e uma retroescavadeira. Crédito: Reprodução/PMR-SC

Um homem de 64 anos morreu e 25 crianças e adolescentes ficaram feridos em um acidente envolvendo um ônibus escolar e uma retroescavadeira na Rodovia SC-446, na altura do quilômetro 25, entre os municípios de Siderópolis e Treviso, em Santa Catarina.

Segundo a Polícia Militar, o ônibus pertence à Secretaria de Educação de Treviso e conduzia 25 alunos com idades entre 10 e 14 anos. O motorista conduzia o veículo no trajeto entre as cidades de Treviso e Criciúma (SC) quando colidiu contra uma retroescavadeira.

O motorista morreu na hora e as crianças tiveram ferimentos leves e foram conduzidas a unidades de saúde por ambulâncias do Corpo de Bombeiros, do Samu e por alguns pais das próprias vítimas, que tomaram conhecimento da colisão e compareceram ao local para prestar socorro.

O UOL tentou contato com a Secretaria de Educação de Treviso, mas até o fechamento desta reportagem o órgão não havia respondido.

Imagens obtidas pelas autoridades após o acidente mostram que a parte frontal do ônibus ficou parcialmente destruída. Principalmente, do lado esquerdo, onde fica a cabine do motorista.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Santa Catarina, a dinâmica do acidente ainda será apurada. A princípio, os indícios apontam que a colisão foi traseira. Ou seja, o ônibus atingiu a máquina, que trafegava na mesma pista, por trás. Porém, imagens da retroescavadeira mostram o para-brisa do ônibus preso à parte dianteira da máquina agrícola.

A PMRv informou que as autoridades irão apurar as prováveis causas do acidente. Como é uma região rural, cercada por sítios e fazendas, é comum o tráfego de máquinas agrícolas na estrada. "Sempre pedimos aos motoristas que evitem trafegar nesses trechos durante a noite ou em horários em que a visibilidade esteja prejudicada por baixa iluminação", disse o órgão.

Marcas de frenagem na pista, pontos de impacto e até mesmo se a retroescavadeira possuía sinalização noturna para o tráfego em estradas são alguns dos pontos a serem avaliados pela PMRv.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.