ASSINE

Técnica de enfermagem é agredida durante assalto em Cachoeiro

A mulher foi agredida com chutes e socos. O caso aconteceu na escadaria do Viaduto do Agulha, na região central da cidade

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 05/03/2021 às 11h57
A mulher foi agredida com chutes e socos. O caso aconteceu na escadaria do Viaduto do Agulha, na região central da cidade
Técnica de enfermagem é roubada e agredida em Cachoeiro. Crédito: Polícia Militar

Uma técnica de enfermagem foi roubada e agredida na noite desta quinta-feira (5), em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, enquanto passava pela escadaria do Viaduto do Agulha, que fica na região central do município.

De acordo com as informações da Polícia Militar, a técnica de enfermagem estava indo para a sua residência, quando passava pela escadaria e um homem, que estava sentado na calçada, puxou a bolsa dela.

A mulher contou que, no momento do puxão, a bolsa rasgou e ela caiu no chão, já sendo agredida com vários chutes e socos, principalmente, na região do rosto. Após a agressão, o suspeito teria fugido em direção ao bairro Recanto, com a bolsa da vítima.

Ainda segundo a polícia, a vítima informou que dentro da bolsa, além de documentos de identificação pessoal, tinha dinheiro em espécie e um celular. Buscas foram feitas com objetivo de encontrar o suspeito, mas ele não foi localizado.

A técnica contou que faz este trajeto há cerca de um ano e que nunca tinha acontecido nada deste tipo. No trecho onde aconteceu o fato, tem uma câmera de segurança de um estabelecimento comercial. A polícia solicitou que as imagens sejam cedidas para verificar se o crime foi registrado.

O QUE DIZ A POLÍCIA CIVIL

A Polícia Civil orienta que as vítimas desse tipo de caso registrem a ocorrência podendo comparecer pessoalmente a uma delegacia ou realizar o registro por meio da Delegacia Online, https://delegaciaonline.sesp.es.gov.br, para que a Polícia Civil tome ciência do caso e inicie as investigações.

A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas. O 190 deve ser acionado em caso de crime em andamento.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.