ASSINE
Colunista do jornal A Gazeta e do Gazeta Online

Fundação Renova diz que vai processar prefeito capixaba

O prefeito acusa a Renova de já ter investido R$ 4,4 bilhões, mas sem ter construído nenhuma casa no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG)

Publicado em 14/01/2019 às 19h53
Distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG), o mais atingido pela lama da Samarco. Crédito: Gazeta Online
Distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG), o mais atingido pela lama da Samarco. Crédito: Gazeta Online

A Renova enviou uma carta ao prefeito de Baixo Guandu, Neto Barros (PCdoB), avisando que vai processá-lo pelas críticas públicas que o comunista fez à fundação responsável por administrar os programas de reparação, restauração e reconstrução das regiões atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, da Samarco, ocorrido em novembro de 2015.

Calote

O prefeito acusa a Renova de já ter investido R$ 4,4 bilhões, mas sem ter construído nenhuma casa no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG). “A Samarco, controlada pela Vale e BHP Billiton, deu calote nos municípios e até hoje não restituiu o que a população foi obrigada a custear para garantir água tratada às comunidades”, apontou Barros.

Desrespeito

Na carta, enviada em 4 de janeiro, a Fundação Renova, por sua vez, acusa o prefeito capixaba de ter sido “desrespeitoso” e de ter proferido “declarações desequilibradas” nos dias 17 e 18 de dezembro durante a 33ª Reunião Ordinária do Comitê Interfederativo. Ao encontro , estavam presentes representantes das comunidades atingidas pela tragédia, autoridades públicas e membros da fundação.

Coisa triste

Por falar nisso, quem passou ontem pela ponte de Linhares reparou que o Rio Doce voltou a ficar turvo e amarelado. Resultado da chuva que caiu em Minas Gerais e revolveu a lama depositada no fundo do leito do rio.

Tarifíssima

O prefeito Luciano Rezende (PPS) está tão sintonizado com o governador Casagrande (PSB) que a passagem de ônibus de Vitória, que sempre foi mais barata, aumentou e ficou igual à do Transcol.

Só falta o boi

Num protesto inteligente, alguém plantou um capim de pasto num dos inúmeros buracos da rodovia que liga Praia Grande a Coqueiral de Aracruz.

Fumaça na sombra

Internauta conta que tem uma árvore na Praia do Morro, em Guarapari, que reúne a maioria dos maconheiros do local. Segundo ele, fumam na frente de todos, inclusive de crianças e idosos.

Que calor!

O ES virou uma grande Cachoeiro.

Fé e cultura

A tradicional Rua das Artes da Prainha será realizada pela primeira vez à noite, neste sábado. Dá para ir à missa noturna no Convento e, na volta, curtir a feira.

Que país é este?

No último fim de semana, carros que estacionaram nas imediações de Manguinhos, na Serra, receberam uma etiqueta onde constava o valor de R$ 5. Tem alguém apropriando o espaço público para ganhar dinheiro fácil.

Que país é este? 2

Ontem, logo às seis e meia da’ manhã, a areia da Curva da Jurema estava tomada por copos e garrafas plásticas. A PMV teve que mobilizar 14 garis para remover a sujeira.

Sem caladão

Leitor recebeu ontem mais de 20 ligações interurbanas desconhecidas. Ele não as atendeu, mas tem certeza de que vieram de presídios.

O rei do recuo

Pérola de um sambista capixaba: “Bolsonaro recua melhor que muitas baterias no Sambão”.

Decadência

Este é o verão das caixas de som de gosto duvidoso que tocam músicas de gosto duvidoso nas praias.

Mamãe ensinou

Aliás, som alto em praia é falta de educação e desrespeito aos demais frequentadores. Simples assim.

“Dominus vobiscum”

A Missa Tridentina está se espalhando pelo Estado. A celebração em latim, vigente antes do Concílio Vaticano II, além de Vitória e Cachoeiro está chegando a Guarapari e Colatina.

De batina

Padre Honório (PT), que deixará de ser deputado em 1º de fevereiro, já assumiu sua funções sacerdotais numa paróquia de Teófilo Otoni, Minas.

Tô nem aí

Tem até van escolar fazendo transporte clandestino em Vila Velha. Na semana passada, uma foi vista na orla da Praia da Costa pegando banhistas, nas barbas da fiscalização.

Chique demais

Os servidores municipais de Linhares já receberam o cronograma de pagamento até junho. O salário é pago bem antes do final do mês, entre os dias 20 e 25.

Derretendo a cultura

A cidade repleta de turistas, e o Centro Cultural Sesc-Glória fechado no mês de janeiro. Afinal, gente, nem só de praia vive o verão, certo?

Alô, eleitor!

Será que os italianos não quiseram trazer o terrorista para o Brasil com medo da violência?

A Gazeta integra o

Saiba mais
baixo guandu samarco

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.