ASSINE

Foco de Biden é a aprovação do pacote de US$ 1,9 trilhão, diz Casa Branca

O texto foi avalizado pela Câmara dos Representantes e ainda precisa ser analisado pelo Senado;  Biden se encontrará com parlamentares para tratar do tema

Publicado em 01/03/2021 às 16h23
Atualizado em 01/03/2021 às 16h23
O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, discursa durante a cerimônia de sua posse realizada no Capitólio, em Washington (DC), nesta quarta-feira, 20 de janeiro de 2021. Biden se tornou o     46º presidente a assumir o comando do país
O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, discursa durante a cerimônia de sua posse realizada no Capitólio, em Washington (DC). Crédito: PATRICK SEMANSKY/ESTADÃO CONTEÚDO

A secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou nesta segunda-feira, 1º de março, que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está focado na aprovação do pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão e irá se envolver pessoalmente no processo de negociações. O texto foi avalizado pela Câmara dos Representantes no fim de semana e ainda precisa ser analisado pelo Senado.

Jen Psaki reiterou que considera "crítico" que o Congresso aja rapidamente para fazer frente à crise econômica provocada pela pandemia.

Segundo ela, Biden se encontrará com parlamentares democratas neste tarde para tratar do tema.

Questionada sobre o aumento do salário mínimo a US$ 15 por hora, que deve ser eliminado da proposta no Senado, a porta-voz assegurou que o presidente segue "comprometido" com a medida, mas ponderou que respeita o processo legislativo e reconheceu que ela deve ficar de fora do pacote. "Biden conversará com membros do Congresso sobre a melhor maneira de se fazer isso", ressaltou.

Jen Psaki também salientou que o governo segue trabalhando para garantir a nomeação de Neera Tanden ao Escritório de Administração de Orçamento (OMB, na sigla em inglês). A indicação está travada no Senado por conta de resistência a antigas publicações de Tanden no Twitter.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.