ASSINE

Rio Branco encara o Vitória-BA pela Copa do Brasil e busca nova façanha

Nesta quarta-feira (07), o Capa-Preta enfrenta o time baiano no Barradão. Partida terá transmissão do SporTV

Publicado em 07/04/2021 às 02h00
Atualizado em 07/04/2021 às 02h04
Rio Branco vence o Sampaio Corrêa por 2x1 e avança à 2ª fase da Copa do Brasil. Partida aconteceu no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica
Brancão superou o Sampaio Corrêa na primeira fase e agora busca derrubar o Vitória-BA. Crédito: Fernando Madeira

Depois de ter passado de forma heroica pelo Sampaio Corrêa na primeira fase da Copa do Brasil, o Rio Branco busca mais uma vitória histórica. Às 19h desta quarta-feira (07), o Capa-Preta entra no gramado do Barradão para enfrentar o Vitória-BA pela segunda fase da competição nacional.

Com o técnico Andre Visser de licença temporária para tratar das sequelas da Covid-19, o preparador físico Wesley Martinelli estará à beira do campo para comandar o Brancão. Poré, Wesley terá alguns problemas para montar o time.

Edu desfalca a equipe porque ainda está se recuperando de uma lesão no tornozelo. Além do Capetinha, quem também não viaja para a Bahia é o volante Esley, que foi expulso contra o Sampaio. Outros que não foram relacionados, mas por opção da comissão técnica, são o zagueiro Círio, o meia Buá. Nildo e Thiago seguem em recuperação e também são ausências certas.

Se o Capa-Preta tem desfalques importantes, por outro lado, entre os relacionados está o centroavante Rafael Castro. Recém-chegado ao clube, vindo do Macaé, o Rafael foi artilheiro e melhor jogador do último Campeonato Capixaba, pelo Rio Branco de Venda Nova. Os jogadores treinaram nesta terça-feira no Centro de Treinamento Evaristo de Macedo (Cidade Tricolor), do Bahia.

VITÓRIA-BA

Do outro lado do campo, o Rio Branco vai encarar um rival que está com o pé nas quartas de final da Copa do Nordeste, mas que vai muito mal no Campeonato Baiano. Por isso, o Rubro-Negro baiano está focado no jogo decisivo e também prega respeito ao time capixaba.  Em coletiva de imprensa, o técnico Rodrigo Chagas lembrou que o Brancão eliminou o Sampaio Corrêa e pode surpreender.

"Acho que as dificuldades são todas. Até porque a gente tem que ter um cuidado maior seja qual for o adversário, independente do conhecimento dele no cenário nacional. Dentro daquilo que a gente já estudou, sabe que é uma equipe muito técnica, com bastante jogo apoiado. A gente vai tomar todas as precauções e estudar bastante o adversário para que possa ter êxito nesse jogo’, afirmou o treinador.

Futebol Futebol Capixaba copa do brasil

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.