ASSINE

Edinho está regularizado e pode estrear pelo Rio Branco contra a Ferroviária

Time capixaba recebe o paulista no domingo (27) , no Kleber Andrade, pela quarta rodada do Grupo 6 da competição nacional

Publicado em 25/06/2021 às 18h38
Rio Branco
Edinho foi regularizado e pode estrear pelo Rio Branco, domingo, pela Série D. Crédito: Vitor Recla/Rio Branco

Reforço do Rio Branco-ES para a sequência da Série D do Campeonato Brasileiro 2021, o meia-atacante Edinho já pode estrear. Nesta quinta-feira o jogador teve o seu nome publicado no BID (Boletim Informativo Diário) e está devidamente regularizado.

O craque e artilheiro do último Campeonato Capixaba garante que está bem fisicamente e pronto para estar em campo no domingo, quando o Capa-Preta pega a Ferroviária, no Kleber Andrade. Porém, Edinho diz que ainda depende de ajustes com a comissão técnica.

"Eu sempre fui um cara que me cuidei muito e, antes de chegar ao Rio Branco, eu estava fazendo treinamentos à parte para continuar me condicionando. Acredito que para que eu esteja no jogo de domingo, não depende só do Edinho. Depende de ajustes em conjunto com a comissão técnica. O mais interessante é que a gente possa adiantar o processo de treinamento individual e até mesmo coletivo com os companheiros, para que eu esteja com condições para atuar no domingo", disse o jogador, em entrevista ao ge.

Edinho não esconde a vontade de estar em campo no domingo e revela que está trabalhando para poder estar à disposição do técnico Cláudio Roberto.

"A vontade de estar em campo é grande, mas a gente tem que se preparar para poder estar também com condições, independente de quanto minutos eu seja utilizado. Eu tenho que estar preparado para poder fazer o meu melhor e ajudar os meus companheiros. Eu estou mais focado, neste momento, em treinar e me preparar ainda mais para que eu possa estar à disposição o mais rápido possível", disse.

Caso venha a estrear no domingo, contra a Ferroviária, será o segundo jogo de Edinho com a camisa centenária capa-preta. Em 2019, o jogador disputou um amistoso pelo Rio Branco, diante do Vasco, no Kleber Andrade. Porém, logo depois o jogador não assinou com o Brancão e acabou indo para o rival Vitória-ES.

"Nós negociamos e eu fiquei treinando. Mas não chegamos a assinar contrato e tomei a decisão de ouvir outras propostas, uma delas a do Vitória. Mas não ficou ressentimento nenhum e agora vou ter o prazer de vestir essa camisa", explicou o jogador.

Com informações do Globoesporte.com/es

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.