ASSINE

Em posse, Moro promete medidas de combate à corrupção

Novo ministro da Justiça não fixou uma meta, mas deixou claro que todos os esforços serão direcionados para reduzir as taxas de homicídios

Publicado em 02/01/2019 às 11h58
Cerimonia de transmissão do cargo de Ministro da Justiça para Sergio Moro, no Palácio da Justiça. Crédito: GABRIELA BILO / ESTADÃO
Cerimonia de transmissão do cargo de Ministro da Justiça para Sergio Moro, no Palácio da Justiça. Crédito: GABRIELA BILO / ESTADÃO

Ao assumir o comando do Ministério da Justiça nesta quarta, o ex-juiz Sergio Moro anunciou que pretende por em prática medidas para combater a corrupção e violência no Brasil. Entre elas estão operações que a Polícia Federal possa fazer à paisana, para facilitar que envolvidos em crimes negociem delação premiada em troca de benefício.

— O brasileiro tem o direito de viver sem a sensação que está sendo roubado e enganado pelos seus representantes nas mais diferentes esferas de poder.

O ministro reiterou medidas já anunciadas por ele como a restrição da progressão de regime prisional para integrantes de organizações criminosas e o cumprimento da pena após a condenação em segunda instancia. Moro não fixou uma meta, mas deixou claro que todos os esforços do ministério serão direcionados para reduzir as taxas de homicídios no Brasil.

Moro tomou posse com ministro da Justiça do governo Bolsonaro com a presença de autoridades e sob flashes de fãs. Enquanto os ministros da Defesa Raul Jungmann, e da Justiça Torquato Jardim, discursavam sobre a transmissão de seus cargos para Moro, que concentrará as duas pastas, um pequeno público localizado no mezanino posava para selfies com o ex-juiz fundo.

Na transmissão do cargo, Moro tirou uma caneta bic do terno e entregou para Jungmann assinar o termo de posse. A mesma caneta foi usada pelos três para assinar o documento.

A Gazeta integra o

Saiba mais
corrupcao jair bolsonaro sergio moro

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.