ASSINE

Guerra do tráfico: Morro do Alagoano terá base da PM, diz secretário

Promessa do secretário de Estado da Segurança Pública é de que a base já esteja em funcionamento a partir da próxima semana

Publicado em 16/08/2018 às 15h26
Polícia Militar no Morro do Alagoano. Crédito: Fernando Madeira
Polícia Militar no Morro do Alagoano. Crédito: Fernando Madeira

O secretário de Estado da Segurança Pública do Espírito Santo, coronel Nylton Rodrigues, anunciou em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (16), que a Polícia Militar terá um ponto base no alto do Morro do Alagoano a partir de semana que vem. O secretário admitiu a guerra do tráfico e que criminosos do Bairro da Penha querem invadir o Alagoano.

"A Polícia Militar se faz presente. Vamos reforçar o policiamento aqui. A Polícia Civil está investigando a ação de traficantes aqui no morro, a PM vai se fazer presente também com a força tática e com a patrulha de morro do 1º Batalhão", garantiu.

O secretário disse que aproximadamente 80 militares vão se revezar em regime de escala para levar "a tranquilidade que a população merece" no Morro do Alagoano.

Nylton declarou que a intenção é de que a polícia esteja presente no bairro 24 horas por dia, de domingo a domingo.

"Vamos fazer as prisões que forem necessárias. Toda vez que acontecer disputa de território por conta do tráfico, vamos saturar, vamos permanecer e vamos prender. De madrugada também", garantiu.

O secretário ainda pediu que os moradores do bairro confiem na polícia e que utilizem o Dique-Denúncia, por meio do 181, para ajudar na prisão dos suspeitos pelo tráfico de drogas no Morro do Alagoano e no Bairro da Penha.

VEJA FOTOS

A Gazeta integra o

Saiba mais
bairro da penha espírito santo espírito santo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.