Serviços estaduais vão ficar mais caros em 2020 no ES

O Valor de Referência do Tesouro Estadual (VRTE) vai subir de R$ 3,4217 para R$ 3,5084 em 2020

Publicado em 06/12/2019 às 09h18
Atualizado em 01/01/2020 às 18h02
Valores cobrados para tirar a carteira de motorista vão subir em 2020. Crédito: Reprodução
Valores cobrados para tirar a carteira de motorista vão subir em 2020. Crédito: Reprodução

Tirar carteira de motorista e outros serviços estaduais vão ficar mais caros. É que passam a valer as novas bases do Valor de Referência do Tesouro Estadual (VRTE) no dia 1º de janeiro de 2020. O valor sobe de R$ 3,4217 para R$ 3,5084.

O VRTE é utilizado para o cálculo das taxas de diversos serviços no Estado e os novos índices foram publicados em Diário Oficial no dia 6 de dezembro. Entre elas estão as que são pagas ao Detran, para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou renová-la. Os novos motoristas da categoria B (carro) deverão pagar R$ 378,90, R$ 9,36 a mais de taxa que no ano passado.

O novo referencial também altera os valores cobrados em cartórios para a emissão de certidões, como a de casamento e é utilizado pelo Estado no cálculo de taxas e na atualização monetária de impostos em atraso.

Espírito Santo espírito santo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.