ASSINE

Vacinação dos profissionais da segurança pública do ES começa nesta terça (06)

Os critérios e a ordem da imunização foram definidos em reunião realizada nesta segunda-feira (5), mas não foram informados pelas secretarias de Estado da Segurança Pública e da Saúde

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 05/04/2021 às 21h30
Polícia Militar reforça o patrulhamento no bairro Planalto Serrano após tiroteios entre traficantes e ameaças à jornalistas que faziam matéria sobre a onda de violência na região
Os policiais militares integram o grupo que será vacinado no ES a partir desta terça (6). Crédito: Fernando Madeira

A vacinação dos profissionais da segurança pública do Espírito Santo contra a Covid-19 vai começar às 7h desta terça-feira (6) no Palácio Anchieta, em Vitória. O evento vai contar com a presença do governador Renato Casagrande

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, explicou que os critérios para definição do público-alvo seriam definidos durante reunião realizada na tarde desta segunda-feira (5). Questionadas, as secretarias de Estado da Segurança Pública e da Saúde não informaram o que seria considerado para aplicação das doses.

"A vacinação das forças de segurança já foi definida pelo Governo Federal e nos lotes que estamos recebendo um percentual de doses está sendo definido para vacinar quem está em atividade de campo. Para complementar, decidimos utilizar 80% das doses de reserva, das doses que chegarão na segunda semana da abril, para iniciar a vacinação de professores", adiantou Nésio Fernandes, durante coletiva de imprensa virtual realizada nesta segunda-feira.

NEGOCIAÇÃO POR VACINAS AVANÇA

Nésio Fernandes também destacou que o governo segue em negociação com laboratórios.  "Nós temos envolvido o Tribunal de Contas (TCES) e feito checagens de inteligência para fornecedores para impedir que o Estado seja envolto em uma negociação indevida. Algumas negociações que estamos desenvolvendo estão avançando e esperamos que alguma possa se materializar nos próximos dias", adianta.

IMUNIZAÇÃO DE IDOSOS DE 60 ANOS

Recuperado da Covid-19,  o subsecretário de vigilância em saúde, Luiz Carlos Reblin também participou da coletiva, e destacou um dos próximos passos da Sesa, que é iniciar em breve a vacinação de idosos entre 60 e 64 anos. Mas isso irá depender da quantidade de doses enviadas ao Estado pelo Ministério da Saúde. 

 "Essa semana temos a expectativa de mais doses. Esperamos que possa se aproximar de mais de 160 mil doses, que nos permitirá, finalizando os grupos em andamento, iniciar a vacinação da faixa etária inferior. Se essa previsão se confirmar, iniciaremos, em breve, a imunização de pessoas com 60 anos ou mais", detalhou Reblin

Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 Vacinas contra a Covid-19

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.