ASSINE

Homem confessa que matou jovem em festa do Flamengo no ES, mas é liberado

Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi ouvido e liberado porque o crime já não estava mais no período de flagrante. Peterson Inácio Souza, 22 anos, foi baleado na madrugada da última sexta-feira (26), em Cachoeiro de Itapemirim

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 02/03/2021 às 16h35
Atualizado em 02/03/2021 às 16h35
Pátio da delegacia regional de Cachoeiro de Itapemirim
Delegacia de Cachoeiro de Itapemirim investiga o caso. Crédito: Marcel Alves

O suspeito de ter assassinado a tiros o jovem Peterson Inácio Souza, 22 anos, na madrugada da última sexta-feira (26), em Cachoeiro de Itapemirim, foi identificado e ouvido, segundo a Polícia Civil, mas não ficou preso. O crime aconteceu durante a comemoração do título do Flamengo pelo Campeonato Brasileiro, na Linha Vermelha. A vítima morreu no domingo (28).

Segundo a Polícia Civil, o suspeito, que não teve o nome divulgado pela polícia, prestou depoimento, confessou, porém foi liberado porque já havia passado o período do flagrante. O caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim e outras informações não foram repassadas para que a apuração dos fatos seja preservada.

O jovem morreu no domingo (28) na Santa Casa de Cachoeiro, onde estava internado. Ele foi atingido por três tiros - na região da cabeça, do tórax e no braço. Após os disparos, o atirador fugiu.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.