ASSINE
Colunista do jornal A Gazeta e do Gazeta Online

Ufes vai ter chapa de direita na próxima eleição

O nome do professor Ricardo da Costa, assessor especial do MEC, surge como opção

Publicado em 29/07/2019 às 21h18

Aline Nunes - interina

Reitoria da Ufes, em Goiabeiras: processo para eleger o novo eleitor começa neste semestre. Crédito: Fernando Madeira
Reitoria da Ufes, em Goiabeiras: processo para eleger o novo eleitor começa neste semestre. Crédito: Fernando Madeira

Reduto de professores e servidores com viés político mais à esquerda, a Ufes terá na próxima eleição, no início de 2020, uma chapa com candidatos de direita. O nome do professor Ricardo da Costa, assessor especial do MEC, surge como opção.

Olavista

Admirador de Olavo de Carvalho (guru do presidente Jair Bolsonaro), Ricardo garante que não vai se candidatar mas que, quando estiver em Vitória no próximo mês, abrirá as portas da sua casa para mais uma reunião do grupo de professores que visa à formação de uma chapa conservadora.

Marcando território

O movimento, segundo o professor, segue uma tendência em todas as universidades federais do país para que educadores mais alinhados à pauta da direita tenham espaço nos campi. São pouco mais de 300 pelo Brasil, porém é uma forma que encontraram de “marcar território.”

Escolha presidencial

Ainda que a chapa conservadora não tenha chance de vencer dentro da universidade, cujo processo eleitoral começa neste semestre, Bolsonaro não precisa nomear como reitor quem ficar em primeiro na disputa. Com a lista tríplice em mãos, o presidente já teve a chance de escolher, neste ano, quem ficou em segundo lugar.

É praxe?

Após a coluna divulgar a presença de um agente acusado de tráfico de drogas entre instrutores de curso do Iases, mais um caso: um servidor, com cargo comissionado de coordenador de equipe, já foi condenado pela Justiça por violência doméstica.

Está tudo bem

Para o Iases, parece que não é um problema. Questionado sobre a situação, informou que o crime praticado não está relacionado ao exercício funcional, e contra o agente penitenciário não há qualquer irregularidade registrada na Corregedoria.

Atritos na Cultura

Maciel de Aguiar, que estava à frente da pasta da Cultura em Vila Velha, pediu pra sair. Oficialmente, em comum acordo com a administração, mas nos bastidores tudo indica que a relação com o vice-prefeito Jorge Carreta - chamado por alguns de primeiro-ministro - não ia bem.

Sem prestígio

Aguiar sentia-se desprestigiado, desgastado e praticamente não teve realizações durante sua passagem pela secretaria.

Troca-troca

No lugar dele entra Alvarito Mendes Filho, que já ocupava cargo na administração como subsecretário de Comunicação - ligado à Secretaria de Governo. E para a subsecretaria vai Giba Medeiros, atualmente na equipe de assessoria de imprensa.

No aperto

Os shows realizados durante a terceira edição do Esquina da Cultura, em Guarapari, foram um sucesso nos dois finais de semana. Mas a organização pecou em pelo menos um detalhe: os banheiros foram retirados antes de terminadas as apresentações.

Mau cheiro

E é justamente quando acabam os shows que um maior número de pessoas procura por banheiro. Aí, a solução foi improvisar nos “cantinhos”, um transtorno principalmente para moradores e comerciantes da região devido ao mau cheiro.

Sem apoio

Se a Prefeitura de Guarapari não ficar atenta e resolver o problema para a próxima edição, é capaz de não contar mais com o apoio da comunidade.

Bolsa na indústria

O presidente da Findes, Léo de Castro, estará hoje em Brasília com o ministro da Cidadania, Osmar Terra. Durante o encontro, que reúne dirigentes da indústria de todo o país, será assinado um convênio com o Sesi. Ainda não há detalhes sobre a parceria, mas sabe-se que tem relação com o programa Bolsa Família.

Na bronca

Circula em mensagens de aplicativo uma nota reclamando da autoria da novela A Dona do Pedaço que só se refere ao Espírito Santo como lugar de justiceiros. Querem que o governo e a bancada federal entrem no circuito para que a projeção nacional do Estado seja positiva.

Vazando

Vídeo com um vazamento de água no parque Paulo César Vinha, em Guarapari, está circulando nas redes sociais, com a informação de rompimento de outra adutora. A Cesan garante que não. Trata-se de uma mangueira para irrigação de mudas e que ainda hoje será consertada. Vamos conferir!

Ainda Bolsonaro

Teve advogado criticando a OAB-ES nas redes sociais por fazer nota de repúdio às declarações de Jair Bolsonaro em relação à morte do pai do presidente nacional da Ordem. Só uma dúvida: quando foi que a preferência política se sobrepôs a valores da categoria?

A Gazeta integra o

Saiba mais
leonel ximenes ufes

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.