ASSINE

No jogo 900 de Fábio, Cruzeiro perde para o Sampaio Corrêa e se afunda ainda mais na Série B do Brasileiro

Em outra noite de péssimo futebol da Raposa, time celeste saia derrotado mais uma vez no Mineirão e fica cada vez mais longe de sair da zona do rebaixamento...

Publicado em 08/10/2020 às 17h26
Atualizado em 08/10/2020 às 21h01

O início da noite desta quinta-feira poderia ser de festa pelos 900 jogos do goleiro Fábio com a camisa do Cruzeiro. Porém, o duelo da Raposa contra o Sampaio Corrêa terminou 2 a 1 para a equipe maranhense, com gols de Roney e Caio Dantas e Manoel descontando. Assista aos gols no player acima. O resultado afundou ainda mais o Cruzeiro, que caiu para a 18ª posição, estacionando nos 11 pontos, ficando em uma situação cada vez mais complicada para sair do Z4, objetivo mais plausível do clube mineiro na Série B no momento, do que pensar no acesso à primeira divisão.Cruzeiro voltou a perder jogando no Mineirão (Bruno Haddad/Cruzeiro)Para o Sampaio, o triunfo foi excelente, pois derrotou um rival direto na luta contra a zona do rebaixamento, subindo para a 15ª posição, com 14 pontos, tendo ainda três jogos a menos que os rivais, o que pode consolidar a recuperação da equipe de São Luís. Ney Franco não tem comando e time parece sem trabalho A troca de Enderson Moreira por Ney Franco não surtiu o efeito esperado. O Cruzeiro não tem articulação ofensiva, falha constantemente na defesa e ainda tem vários veteranos em má fase que são mantidos no time, como o volante Henrique. Outras opções questionáveis são as mudanças de Ney Franco, como a entrada de Thiago no ataque, sem ao menos testar Zé Eduardo, que voltou após um grande esforço da clube, que teve de ceder um percentual do seus direitos ao América-RN, onde estava atuando emprestado. O que o torcedor percebe nos jogos é que em 2020 nenhum treinador conseguiu dar padrão tático e organização ao grupo de jogadores. Com Ney Franco, a história se repete e, aparentemente, seu comando em campo é nulo, pois os atletas não respondem àquilo que ele diz pedir nos jogos. O resultado dessa gestão caótica pode ser uma luta por permanência na Série B, passando o centenário na segunda divisão. Próximos jogos A Raposa encara o Oeste, domingo, às 16h, em Barueri, enquanto o Sampaio Corrêa terá pela frente o Botafogo-SP, em seu estádio, também no domingo, às 16h. FICHA TÉCNICA​CRUZEIRO 1 x 2 SAMPAIO CORRÊA Data-Horário: 8 de outubro, às 18h30Estádio-Local: Mineirão, Belo Horizonte(MG)Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)Assistentes: Clovis Amaral da Silva(PE) e Ricardo Bezerra Chianca (PE)Cartões amarelos: Daniel Guedes(CRU), Roney(SAM), Henrique(CRU), Luiz Gustavo(SAM). Gustavo(CRU), Maurício(CRU)Cartões vermelhos:- Gols: Roney, aos 12’-1ºT(0-1), Manoel, aos 39’-1ºT(1-1), Caio Dantas, aos 13’-2ºT(1-2) Cruzeiro: Fábio; Daniel Guedes, Manoel, Ramon e Giovanni(Rafael Luiz, aos 34’-2ºT); Henrique(Jadsom aos 16’-2ºT), Filipe Machado(Claudinho, aos 16’-2ºT) e Regis(Maurício-intervalo); Airton, Arthur Caike(Thiago-intervalo) e Sassá. Técnico: Ney Franco

Sampaio Corrêa: Gustavo; Luís Gustavo, Joécio, Daniel Felipe e João Victor; André Luís, Roney(Diego Tavares, aos 28’-2ºT), Vinícius Kiss e Marcinho(Eloir, aos 37’-2ºT); Pimentinha(Róbson, aos 44’-2ºT) e Caio Dantas(Jackson, aos 37’-2ºT). Técnico: Leonardo Condé

A Gazeta integra o

Saiba mais
cruzeiro

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.