ASSINE

Em visita ao Cruzeiro, presidente da FMF 'bate o pé' e diz que Mineiro será concluído dentro de campo

O impasse segue na entidade, que ainda tenta viabilizar o fim do campeonato, depois de surgirem notícias que o América-MG poderia ser declarado campeão de 2020...

Publicado em 01/06/2020 às 19h24
Atualizado em 01/06/2020 às 19h30
 Crédito: Adriano Aro, segundo da direita para a esquerda, fez uma visita de cortesia ao novo presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, que assumiu o cargo nesta segunda-feira, 1º de junho-(Igor Sales/Cruzeiro
Crédito: Adriano Aro, segundo da direita para a esquerda, fez uma visita de cortesia ao novo presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, que assumiu o cargo nesta segunda-feira, 1º de junho-(Igor Sales/Cruzeiro

O impasse continua em Minas Gerais. Vai ter a volta do Campeonato Mineiro de 2020, ou não? Após notícias que a FMF(Federação Mineira de Futebol) poderia ceder e encerrar a competição, declarando o América-MG campeão, por ser o líder da competição, o presidente da entidade Adriano Aro reagiu, se posicionou e garantiu que o torneio será definido em campo. Todavia, o prazo para o retorno ainda não está definido, pois a FMF aguarda liberação dos órgãos de saúde para liberar o retorno do Mineiro 2020. A possibilidade de uma declaração do Coelho como campeão, gerou um posicionamento mais claro da FMF, já que é sabido que a TV Globo, detentora dos direitos de transmissão não pagaria a totalidade da cota caso não haja o fim da competição, que parou na nona rodada da primeira fase, faltando ainda definir rebaixados, classificados e posições que classificam para a Série D do Brasileiro. - A Federação segue firme na sua posição. Como disse em outras oportunidades, estamos apenas aguardando a liberação por parte dos órgãos de saúde, para que possamos concluir o nosso campeonato dentro de campo, para que se possa valer o compromisso assumido com as equipes, com a empresa detentora dos direitos televisivos, cumprindo o nosso calendário, definindo acesso e descenso dentro de campo - disse o dirigente em entrevista à TV Globo. Com 276 óbitos e 10.600 casos confirmados da Covid-19 em Minas Gerais, sendo a maioria nas cidades em que ocorrem os jogos do Estadual, há incertezas quanto a segurança e viabilidade de retomada dos jogos. O tema Campeonato Mineiro estará em pauta em duas esferas do poder público: na Assembleia de Minas, quarta-feira, 3 de junho, quando será realizada uma audiência pública para discutir o tema e no dia 10. um encontro entre a Federação Mineira e o Governo de Minas para analisar o pico da curva de contaminação, podendo gerar ou não a liberação dos jogos. - No momento, não temos uma previsão de data para o retorno das atividades, mas a Federação vem conversando com o governo do Estado, eu já tenho uma reunião com o secretário de Saúde, no dia 10 de junho, para discutir essa questão. Nessa quarta-feira, a Assembleia Legislativa promove uma audiência pública para debater o assunto. Seguimos trabalhando para que possamos encontrar uma solução para concluir todos os nossos campeonatos, como gostaria o torcedor-disse Adriano Aro.E MAIS:Mesmo com atletas contaminados pela Covid-19, Galo, Raposa e Coelho mantém treinamentosEm cerimônia sem pompa, Sérgio Rodrigues assume o CruzeiroVinícius Popó, do Cruzeiro, testa positivo para a Covid-19 e é afastado dos treinos pelo clube mineiroLéo vê Cruzeiro em processo de renovação e está esperançoso com a nova direção do clubeFMF pode ceder e Mineiro não terminar, com o América-MG sendo declarado campeão de 2020Visita a Sérgio Rodrigues no Cruzeiro

Adriano Aro, seu irmão, Marcelo Aro, deputado federal e Castellar Guimarães , vice-presidente da CBF e integrante do Comitê Player Status, da Fifa, área que cuida da questão das transferências de atletas, visitaram o novo presidente do Cruzeiro , Sérgio Santos Rodrigues, que tomou posse no clube nesta segunda-feira, 1º de junho.

Sérgio Santos Rodrigues iniciou a "agenda política" da sua gestão, tentando reabrir um diálogo mais próximos com a FMF, algo que não acontecia na administração Wagner Pires de Sá, sempre tendo embates com a entidade, principalmente na figura de Itair Machado, ex-vice de futebol.

A presença de Marcelo Aro, que é deputado federal pelo PP-MG e diretor de relações institucionais da CBF, é relator do projeto de lei que prevê a suspensão do pagamento do Profut durante a pandemia, que pode ser benéfico ao Cruzeiro, que ainda está em litígio com o programa, para ser aceito novamente, após ser excluído por falta de pagamento. assunto que tem apoio dos clubes de futebol. O texto entrou na pauta de votação na Câmara, o que pode mudar o status da Raposa no programa, que refinanciou os débitos de impostos com o Governo Federal. E MAIS:Atlético-MG chega a acordo para ter o volante Léo Sena e anúncio da contratação está perto de acontecerCazares é diagnosticado com a Covid-19 e Galo o afasta dos treinamentosAtlético-MG contrata consultoria que trabalhou no Cruzeiro para 'passar a limpo' as contas do clubeGalo, com aval de Sampaoli, tenta estender permanência de NathanMatheusinho, do América-MG, é diagnosticado com a Covid-19 E MAIS:

cruzeiro

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.