ASSINE

Prefeitura de Muqui abre desvio na Serra da Aliança

A rodovia que liga os municípios de Muqui e Jerônimo Monteiro está interditada desde 2018 pelo DER-ES

Publicado em 27/04/2020 às 13h50
Atualizado em 27/04/2020 às 16h08
ES 177 continua interditada e desvio é aberto pela Prefeitura de Muqui. Crédito: Internauta
ES 177 continua interditada e desvio é aberto pela Prefeitura de Muqui. Crédito: Internauta

Um novo desvio foi aberto na Rodovia ES 177, que liga os municípios de Muqui e Jerônimo Monteiro, no Sul do Espírito Santo, no trecho conhecido como Serra da Aliança. Desta vez, o caminho foi aberto pela Prefeitura de Muqui em uma propriedade particular.

De acordo com o prefeito de Muqui, Carlos Renato Prucoli, o município pediu, desde 2018, quando ocorreu o primeiro deslizamento e a pista foi interditada, que fosse construído este desvio pelo Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES). “Na época, o DER-ES disse não ser possível fazer este desvio e as pessoas começaram a passar do jeito que dava", afirmou. 

Em dezembro de 2019, um novo desmoronamento, desta vez de pedras, impediu a passagem dos veículos e a rodovia continuava interditada. “Como no fim do ano passado caiu mais, os moradores fizeram uma trilha, onde agora fizemos o desvio. Eles pediram para a gente fazer na época, mas com o período chuvoso não foi possível, agora, que estiou, abrimos caminho”, explicou o prefeito.

O local onde foi feito o desvio é uma propriedade particular e, como é um trecho estreito e íngreme, não está permitida a passagem de veículos de grande porte, como caminhões. Ainda segundo Prucoli, a rodovia é muito utilizada por moradores da região da Serra da Aliança, de Muqui e Jerônimo Monteiro.

“A rodovia encurta muito o caminho em relação à rota alternativa. O fluxo de veículos é grande entre as pessoas que moram, trabalham ou estudam em Muqui, Jerônimo Monteiro e outros municípios da região, como Alegre, onde tem a Ufes”, finalizou o prefeito.

ROTA ALTERNATIVA

A rota alternativa para motoristas que desejam seguir para Jerônimo Monteiro e Muqui é acessar a ES 482, sentido Cachoeiro de Itapemirim, até o entroncamento com a BR 393 e seguir para Muqui. Em média, essa nova rota aumenta quarenta quilômetros na viagem dos motoristas.

O OUTRO LADO

A reportagem demandou o Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES). Em nota, o órgão disse que a Serra da Aliança já está com obras em atividade. Foi instalado dreno profundo, para facilitar a retirada de água em caso de chuvas, além de contar com a mobilização, com canteiro de obra com contêiner de almoxarifado, banheiro, galpão de área de vivência. Informou ainda que as equipes estão realizando topografia e concluindo a instalação do inclinômetro. A mobilização de máquinas e equipamentos está prevista para o próximo mês.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.