ASSINE

Ambulantes serão barrados na festa de Corpus Christi de Castelo

Prefeitura de Castelo proibiu o comércio de ambulantes na principal avenida durante a tradicional festa religiosa

Publicado em 03/06/2019 às 19h22
Tapetes de Corpus Christi na cidade de Castelo, em 15 de junho de 2017. Crédito: Alex Faccini
Tapetes de Corpus Christi na cidade de Castelo, em 15 de junho de 2017. Crédito: Alex Faccini

A apenas quinze dias para o início da tradicional festa de Corpus Christi de Castelo, no Sul do Estado, um assunto voltou a rondar as rodas de conversas dos moradores – a proibição de barraquinhas na Avenida Nossa Senhora da Penha, Centro. Assim como no ano passado, a prefeitura tomou a decisão de proibir o comércio de ambulantes e vai realizar apenas feira agroturística.

O comércio de alimentos, roupas e produtos diversos funcionava na principal avenida da cidade, bem ao lado da matriz, após cadastro prévio das pessoas junto à prefeitura. Há 15 dias, militares, membros da associação comercial do município e da Paróquia Nossa Senhora da Penha decidiram em reunião pela proibição dos ambulantes naquela avenida.

MEDIDA DESAGRADA POPULAÇÃO

A medida desagradou a população. Morador de Castelo, o vendedor Ademar Luiz, é um deles. “Estou sabendo que está proibido. Acho que deveria ter, agradava os turistas, os católicos e pessoas de outras religiões. Faz parte da festa”, conta o morador.

Assim também pensa a aposentada Maria de Fátima. Ela participa da festa a três anos. “É ruim. As barraquinhas são uma boa opção, vendia coisas de comer, muitas variedades que traia muita gente”, comenta.

O QUE DIZ A PREFEITURA

O secretário de Turismo e Cultura de Castelo, Nino do Val, afirmou que a proibição é uma antiga demanda da paróquia. No ano passado, a feira de ambulantes também foi proibida. “Ano passado, em virtude da greve, ela não foi realizada. Houve uma reunião e foram unânimes pela não realização da feira”, afirmou o secretário.

A Polícia Militar deve fazer a fiscalizar de quem estiver vendendo qualquer tipo de produto de forma irregular. Caso algo seja constatado, o responsável pode até ser multado. Uma feira com produtos agroecológicos, artesanato local e comidas típicas será realizado no centro, com o apoio da prefeitura.

FESTA TRADICIONAL NA CIDADE

A “Festa de Corpus Christi de Castelo”, que vai acontecer nos dias 19 e 20 de junho, é uma das dez maiores manifestações religiosas do Brasil. O evento está em sua 56ª edição e é organizada pela Paróquia Nossa Senhora da Penha, em parceria com a Prefeitura de Castelo, através da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura.

Este ano, o tema da festa será “Todos comeram e ficaram satisfeitos (LC 9,17)”, e para a confecção de 1,5 km de tapete serão utilizados materiais como: palha de café, pó de café, pó de pneu, pó de serra, pedras em diversas granulações, folhas, cipreste, flores, papel, entre outros. Mais de três mil voluntários diretos e indiretos estão trabalhando durante meses nos preparativos da festa e na montagem dos quadros e passadeiras.

A Gazeta integra o

Saiba mais
castelo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.