ASSINE

Coala Festival adia oitava edição para setembro de 2022

Previsto para setembro deste ano, evento troca a data por causa da covid; ingressos continuam válidos

Publicado em 17/05/2021 às 18h09
A cantora Maria Bethânia
A cantora Maria Bethânia é uma das atrações do evento. Crédito: Globo/Fábio Rocha

O Coala Festival anunciou o adiamento de sua próxima edição para os dias 17 e 18 de setembro de 2022 por causa da pandemia de covid-19. Previsto inicialmente para 11 e 12 de setembro deste ano, o evento continua marcado para o Memorial da América Latina, em São Paulo, e, segundo os organizadores, mantém os artistas confirmados, como Maria Bethânia, Gal Costa (que vai se apresentar com Tim Bernardes e Rubel), Alceu Valença e Black Alien.

"Quando anunciamos a nossa oitava edição, ainda era possível sonhar com um cenário que nos permitiria soltar o grito contido e dar vazão ao nosso tão grande anseio por música ao vivo", diz Gabriel Andrade, sócio-fundador e curador do Coala Festival, em um comunicado. "A realidade provou o contrário. Acompanhamos de perto e com muita atenção a evolução do combate à pandemia e assim seguiremos. Sem dúvida que um hiato como esse merece um retorno à altura e temos certeza que a próxima edição do festival o fará com maestria."

Segundo os organizadores, mais de 90% dos ingressos para a oitava edição do Coala Festival já foram vendidos - e seguem válidos para 2022. Para quem quiser garantir os últimos tíquetes para o evento, a compra pode ser feita pelo Total Acesso, que é o canal oficial de vendas do Coala. Os preços variam entre R$ 245 e R$ 490. Qualquer dúvida do público também deve ser tratada diretamente com a Total Acesso pelo SAC/chat do site.

Cultura Música Pandemia

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.