ASSINE

Conheça as maiores empresas que atuam no Espírito Santo

Petrobras, Vale e ArcelorMittal Brasil são as companhias com maior receita operacional líquida a atuarem no Estado

Publicado em 21/08/2019 às 13h01
Atualizado em 25/08/2019 às 17h33
Produção nos campos de Peroá e Cangoá é feita pela plataforma não habitada PPER-1, localizada a cerca de 50 quilômetros de Linhares. Crédito: Divulgação/Petrobras
Produção nos campos de Peroá e Cangoá é feita pela plataforma não habitada PPER-1, localizada a cerca de 50 quilômetros de Linhares. Crédito: Divulgação/Petrobras

O Instituto Evaldo Lodi (IEL-ES) divulgou, nesta quarta-feira (21), o ranking das 200 maiores empresas no Espírito Santo. A lista contempla as empresas tomando como base a Receita Operacional Líquida (ROL), que é calculada pela diferença entre o valor das vendas, deduzidas das devoluções e abatimentos, e os impostos sobre vendas, no exercício de 2018. Assim como no ranking do ano passado, a Petrobras se consolidou como a maior empresa no ES, com uma ROL de R$ 29,18 bilhões.

Em seguida vem a Vale, com uma ROL de R$ 14,84 bilhões. Na terceira colocação aparece a ArcelorMittal Brasil, com R$ 9,63 bilhões de receita operacional líquida. Na quarta posição aparece a Comexport Trading, com uma rol de R$ 3,78 bilhões, e fechando o top 5 vem a Suzano, com R$ 3,69 bilhões. Todas elas mantiveram a posição do ranking divulgado em 2018. No evento, também foram apresentadas as maiores empresas capixabas.

Os dados, referentes ao exercício de 2018, foram analisados a partir de informações econômico-financeiras fornecidas pelas organizações. No ranking da IEL-ES, foram utilizados dados repassados pelas empresas com sede fiscal no Espírito Santo que apropriaram o total de suas receitas e, para empresas com sede fiscal em outra unidade federativa, foi considerado o percentual da receita gerada no Estado.

Confira a lista das 15 maiores empresas no Espírito Santo:

Legenda: Posição – Empresa: Receita Operacional Líquida

1 – Petrobras – UO ES: R$ 29,18 bi

2 – Vale: R$ 14,84 bi

3 – ArcelorMittal Brasil: R$ 9,63 bi

4 – Comexport Trading Comércio Exterior: R$ 3,78 bi

5 – Suzano: R$ 3,69 bi

6 – Fertilizantes Heringer: R$ 3,68 bi

7 – EDP Espírito Santo: R$ 3,39 bi

8 – Cisa Trading: R$ 2,93 bi

9 – Banestes: R$ 2,64 bi

10 – Nibrasco: R$ 1,34 bi

11 – Hortifruti: R$ 1,32 bi

12 – Unimed Vitória: R$ 1,31 bi

13 – Vix Logística: R$ 1,20 bi

14 – Kurumá Veículos: R$ 1,18 bi

15 – Leão Alimentos e Bebidas: R$ 971 mi

Empresa atacadista:  935 negócios do setor no Espírito Santo possuem algum incentivo fiscal do governo. Crédito: pixabay
Empresa atacadista: 935 negócios do setor no Espírito Santo possuem algum incentivo fiscal do governo. Crédito: pixabay

Junto com a divulgação das maiores empresas no Espírito Santo, o IEL-ES divulgou o ranking das maiores empresas tradicionalmente capixabas. Nesta lista foram consideradas empresas de controle acionário e origem do capital privado estadual, de localização da matriz/sede fiscal no Espírito Santo, de empresas originalmente constituídas no Estado e com unidade operacional em território capixaba. No topo do ranking aparece a Comexport Trading, com uma receita operacional líquida de R$ 3,78 bilhões.

Assim como na lista das 200 maiores, receita operacional líquida (ROL) é tomada como base. O número é calculado pela diferença entre o valor das vendas, deduzidas das devoluções e abatimentos, e os impostos sobre vendas, no exercício de 2018.

Na segunda colocação vem a Cisa Trading, com uma ROL de R$ 2,93 bilhões. Em seguida aparece a Unimed Vitória, com uma receita operacional líquida de R$ 1,31 bilhão. Na quarta posição figura a Vix Logística, com uma rol de R$ 1,20 bilhão, e fechando o Top 5 aparece a Kurumá Veículos, com R$ 1,18 bilhão.

Os dados são referentes ao exercício de 2018 e foram analisados a partir de informações econômico-financeiras fornecidas pelas organizações.

Confira a lista das 15 maiores empresas capixabas:

Legenda: Posição – Empresa: Receita Operacional Líquida

1 – Comexport Trading Comércio Exterior: R$ 3,78 bi

2 – Cisa Trading: R$ 2,93 bi

3 – Unimed Vitória: R$ 1,31 bi

4 – Vix Logística: R$ 1,20 bi

5 – Kurumá Veículos: R$ 1,18 bi

6 – Unicafé: R$ 839 mi

7 – Tristão: R$ 648 mi

8 – Unilider: 564 mi

9 – Brametal: R$ 542 mi

10 – Cooabriel: R$ 504 mi

11 – Casa do Adubo: R$ 449 mi

12 – RDG Produtos Siderúrgicos: R$ 435 mi

13 – Móveis Simonetti: R$ 429 mi

14 – Samp ES: R$ 409 mi

15 – Dacasa: R$ 405 mi

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.