ASSINE
Jornalista de A Gazeta desde 2008 e colunista de Política desde 2015. Publica diariamente informações e análises sobre os bastidores do poder no Espírito Santo

Marqueteiro de Gandini em Vitória será o mesmo de Luciano em 2016

Candidato a prefeito da Capital, deputado também já escolheu a coordenadora do seu plano de governo: a empresária e atriz Tayana Dantas, também filiada ao Cidadania

Publicado em 25/08/2020 às 18h32
Atualizado em 25/08/2020 às 18h32
Fabrício Gandini terá por marqueteiro o jornalista Paulo Pestana
Fabrício Gandini terá por marqueteiro o jornalista Paulo Pestana. Crédito: Tati Beling (Ales) / Correio Braziliense - Montagem de Vitor Vogas

O deputado estadual Fabrício Gandini (Cidadania) já escolheu o “marqueteiro” que vai coordenar sua propaganda eleitoral na campanha a prefeito de Vitória: o jornalista Paulo Pestana, radicado em Brasília. Trata-se do mesmo profissional que assinou, em 2016, a campanha à reeleição do prefeito Luciano Rezende (Cidadania), principal apoiador de Gandini no novo pleito municipal. Na ocasião, Luciano teve sucesso nas urnas, após derrotar em 2º turno o deputado federal Amaro Neto (Republicanos) – então deputado estadual filiado ao Solidariedade.

Atuando em Brasília desde 1973, Pestana  trabalhou em alguns dos mais importantes órgãos da imprensa brasileira e atualmente mantém um blog no “Correio Braziliense”, onde publica crônicas às sextas-feiras e aos domingos.

Tal como na campanha passada de Luciano, Pestana ficará encarregado de toda a propaganda de Gandini em cadeia de rádio e TV (horário eleitoral gratuito e inserções ao longo da programação). A contratação de seus serviços já está definida e apalavrada.

Gandini acredita que, até por conta da pandemia, a propaganda em rádio e TV ainda terá grande importância na eleição a prefeito de Vitória, aliada a novas ferramentas de comunicação, como as redes sociais.

“Não podemos nos centrar só em um meio. Teremos que passar a nossa mensagem em todos os veículos disponíveis, e a propaganda de rádio e TV também terá a sua importância para isso. Por exemplo, a maioria das pessoas ainda não sabe o que fizemos quando presidimos a Câmara de Vitória [em 2013/2014], como o fim do voto secreto, para citar um exemplo.”

Outra posição importante na equipe de campanha já foi preenchida por Gandini. Para coordenar a elaboração do seu plano de governo, o deputado escolheu a empresária e atriz Tayana Dantas. Filha do CEO da Universidade Vila Velha (UVV), José Luiz Dantas, Tayana filiou-se ao Cidadania em junho do ano passado, a convite do próprio Gandini – presidente estadual do partido –, em ato realizado na Câmara de Vitória.

Tayana Dantas, entre Luciano Rezende, Fabrício Gandini e Josias da Vitória, em seu ato de filiação, na Câmara de Vitória
Tayana Dantas, entre Luciano Rezende, Fabrício Gandini e Josias da Vitória, em seu ato de filiação, na Câmara de Vitória. Crédito: Divulgação/Cidadania

Ela chegou a ensaiar se lançar como candidata a prefeita de Vila Velha pelo Cidadania, mas acabou desistindo da empreitada poucos meses depois, em outubro.

Já o coordenador geral da campanha de Gandini – o papel mais importante na equipe –, segundo o pré-candidato, ainda não foi definido. Por enquanto, afirma, é ele mesmo quem está coordenando os trabalhos.

A propaganda eleitoral, inclusive na internet, será permitida a partir do dia 27 de setembro.

Já o plano de governo dos candidatos a prefeito deve ser protocolado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no ato de registro da candidaturas – que poderá ser requerido pelos partidos até 26 de setembro – e apresentado à população durante a campanha.

CURIOSIDADE: "TORCEDOR DO AMÉRICA"

Na descrição pessoal de Pestana em seu blog no “Correio Braziliense”, lê-se que “ele insiste em torcer para o América, mostrando que é possível viver sem alegrias”. A referência é, provavelmente, ao tradicional mas muito pequeno time de futebol do Rio de Janeiro. Coordenando a campanha de Luciano em 2016, Pestana foi vitorioso. E é bom mesmo, para Gandini, que o jornalista não transfira para a política seu pé frio como torcedor: o América não ganha absolutamente nada há décadas.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.