ASSINE

Quiseram causar terror à minha família, diz Marcos do Val sobre ameaças

Senador do ES acionou o ministro da Justiça, Sérgio Moro, sobre ataques recebidos por mensagem anônima

Publicado em 03/04/2019 às 09h38
O senador Marcos do Val durante pronunciamento no Senado. Crédito: Pedro França/Agência Senado
O senador Marcos do Val durante pronunciamento no Senado. Crédito: Pedro França/Agência Senado

Após ele e familiares receberem e-mail com ameaças à irmã, o senador Marcos do Val (PPS) registrou boletim de ocorrência na Polícia do Senado, acionou o presidente da Casa, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), e também relatou o caso ao ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Por volta das 19 horas de segunda-feira (1º), o senador recebeu e-mail que continha uma ameaça expressa à irmã dele. O texto, enviado por um remetente que não pôde ser imediatamente identificado, citava corretamente o nome e o endereço dela, que vive no Espírito Santo.

Mensagem enviada ao senador

Vamos cobrar da sua irmã! Já estamos com todos os dados e horários de toda a sua família e vamos sequestrar e estuprar a sua irmã. Nos aguarde, vagabundo

Do Val contou que a mensagem não foi enviada apenas para ele. Também chegou para servidores da Comunicação do Senado e para diversos familiares dele.

Marcos do Val

Mandaram também para a Comunicação do Senado e para a minha família toda, parentes, primos... falando que vão atacar. E veio o endereço residencial e o de trabalho da minha irmã. Quiseram causar terror mesmo na minha família para que me pressionassem. A família ficou muito abalada, desesperada

ANTICRIME

O senador diz não ter dúvida de que a ameaça feita se deve ao fato de ele ter sido definido como relator, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, de um dos projetos inspirados no pacote anticrime do ministro Sérgio Moro.

Para não depender da tramitação da reforma da Previdência, parlamentares protocolaram projetos iguais aos que Moro apresentou para agilizar a tramitação. Do Val relata um desses. Mais especificamente, o que trata de combate à corrupção, crime organizado e crimes praticados com grave violência.

Marcos do Val

A ameaça surgiu após a publicação de que eu seria o relator da pauta de crime organizado e corrupção. Com toda a certeza foi por isso. Partiu de uma pessoa experiente para esse tipo de ataque. Não é de um ‘hater’ (pessoas que postam comentários de ódio, sem muitos critérios) qualquer

PROVIDÊNCIAS

Está prevista para esta quarta-feira (3) uma reunião do senador com a Polícia do Senado para tratar de providências a serem tomadas diante do e-mail com a ameaça. Marcos do Val relatou que, na conversa com Moro sobre o episódio, a Polícia Federal foi acionada para tomar providências.

PROJETOS

Na segunda-feira, a jornalista Mônica Bergamo, da "Folha de S. Paulo", publicou que os três projetos copiados do ministro e apresentados por parlamentares no Senado não devem prosperar.

Eles foram protocoladas para que o fato de as proposições originais estarem paradas na Câmara não sejam óbice à aprovação das matérias.

Marcos do Val, no entanto, garante que o andamento das cópias está acordado e que o Moro disse a ele não se importar com a assinatura do texto. "O próprio ministro Moro aceitou, achou que era válido e fez uma boa referência: 'não importa a cor do gato. O importante é o gato pegar o rato'", pontuou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
marcos do val

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.