ASSINE

Nova Venécia mantém shows de Mano Walter e Naiara Azevedo

Programação da festa da cidade é mantida, apesar de notificação do Ministério Público quanto ao gasto de quase meio milhão de reais; valor contrasta com argumentos já usados pelo município de que falta dinheiro para obras

Publicado em 02/04/2019 às 14h20
Naiara Azevedo e Mano Walter. Crédito: Montagem
Naiara Azevedo e Mano Walter. Crédito: Montagem

Apesar de o Ministério Público Estadual (MPES) pedir para a Prefeitura de Nova Venécia não realizar a festa de 65 anos da cidade, com shows de sertanejos famosos, o evento está mantido pela administração. Apenas as atrações do festejo, que ocorre entre 25 e 28 de abril, vão custar R$ 422,5 mil. Entre os cantores, Mano Walter, Naiara Azevedo e artistas locais.

Em nota, a prefeitura informou que priorizou cantores que custam relativamente menos que a média e que o valor investido está dentro do previsto pelo município. A administração também ponderou que a festa é positiva para a economia de Nova Venécia.

"A realização da festa da Cidade impacta diretamente estimulando o empreendedorismo, gerando empregos e fortalecendo o comércio local: supermercados, restaurantes, lojas, entre outros, com a ampliação dos negócios, como também a rede hoteleira, fortalecendo a economia local e atendendo aos anseios da Câmara de Dirigentes Lojistas de Nova Venécia", frisa a nota. 

Nova Venécia também argumenta que a festa movimenta o comércio local e o setor agropecuário, em virtude da comercialização de animais, leilão. 

Ao notificar a prefeitura e recomendar que o município se abstenha da festa, o MPES disse que a cidade tem pendências importantes de infraestrutura e que não as soluciona alegando não ter dinheiro para a tarefa. Também pontua que o direito à cultura não pode se sobre a "direitos sociais de caráter mais urgente, como a saúde e a educação".

A Gazeta integra o

Saiba mais
mano walter nova venécia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.