ASSINE

Cantora Budah é atração do Viradão Vitória em espaço de rap e hip hop

Viradão Hip Hop acontece pela primeira vez no Centro de Vitória, com programação especial no sábado (28)

Publicado em 26/09/2019 às 05h48
Atualizado em 26/09/2019 às 13h40
A cantora Brendha Rangel, a Budah: capixaba é promessa do rap e hip hop no Brasil. Crédito: Andre Dantas
A cantora Brendha Rangel, a Budah: capixaba é promessa do rap e hip hop no Brasil. Crédito: Andre Dantas

Nesta edição do Viradão Vitória, o evento trouxe mais um espaço que agregará um gênero musical em ascensão à programação: o hip hop. Em um local destinado a apresentações dos artistas do ritmo, na Escadaria São Diogo, diversos cantores e dançarinos vão se jogar nos próprios sons com agenda diversificada no sábado (28), a partir das 18h.

O palco especial começa com apresentação de DJs. Às 20h, já dá lugar ao show de Tiago Set. Em seguida, às 22h, é Suspeitos Na Mira que recebe os holofotes e, por fim, às 23h30, há Batalha de MCs. No sábado (28), o point é a Escadaria São Diogo, quando a cantora Brendha Rangel, a Budah, de 22 anos, também vai dar o ar da graça às 00h. 

 . Crédito: Andre Dantas
. Crédito: Andre Dantas

"Estamos preparando um show diferente, com proposta diferente e mais atual. Será na escadaria, de frente para a Praça Costa Pereira e não vou falar muito porque quero que seja surpresa", brinca ela, em entrevista à Gazeta.

A jovem capixaba, que é promessa da cena do rap contemporâneo, viu a carreira dar um boom de cerca de um ano para cá, quando passou a estampar jornais e portais Espírito Santo afora.

"Licor" (veja clipe abaixo), por exemplo, conquistou bastante fama ao exibir sua composição com a Barra do Jucu, em Vila Velha, como pano de fundo do clipe, que já tem mais de 220 mil visualizações só no YouTube.

Depois desse single já fez "Esse Choro é Em Blues", no último mês, mesmo período em que fez um feat com Akilla, que será lançado em breve.

"Esse espaço no Viradão é um avanço para nós, do hip hop. Acredito que terá uma participação bacana do público que já estará no festival e no entorno da Praça Costa Pereira, já que estaremos ali na região. Esses espaços assim ajudam muito, mas já acredito que o ritmo esteja conquistando mais público de uns três anos para cá", começa a cantora, completando: "Mas sempre dá para melhorar mais. A gente trabalha para mostrar que rap não é sinônimo de marginal, bandido, que mexe com droga. Isso (o rap e hip hop) salva vidas".

Segundo a cantora, ainda neste ano ela deve protagonizar em novos singles e em participações com outros artistas, que serão lançados até o fim de dezembro. Para o ano que vem, começa a movimentar um novo projeto, que ainda prefere não adiantar muita coisa.

"Fiz alguns 'feats' com gente grande da cena do rap e estou empolgada com isso. Fico muito feliz com minha evolução na carreira, também, e me sinto pronta para novos aprendizados. Todo trabalho que participo saio com um conhecimento novo e nesse meio tempo aprendi muito".

VIRADÃO VITÓRIA  - ESCADARIA SÃO DIOGO

Sábado (28)

18h DJ Bruno Makka

19h30 DJ Jone BL

20h Batalha de MCs

20h30 Jr. Conceito

21h Faia Roots

21h30 Batalha de MCs

22h Suspeitos na Mira

23h30 DJ Gegeo

00h Budah

00h30 Mark Dias

01h Cdv Mob

01h30 Final da Batalha de MCs

02h Chris Helv

01h30 DJs

A Gazeta integra o

Saiba mais
centro de vitoria música vitória

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.