ASSINE
E consultor e palestrante em Inovacao e Estrategia

Tecnologia de registro e compartilhamento pode nos levar muito além

O consumidor está cada vez mais preocupado com que consume e o blockchain é ideal para a rastreabilidade de alimentos

Publicado em 26/07/2019 às 16h29
Tecnologia para rastrear alimentos e produtos em todas as etapas de produção. Crédito: Divulgação
Tecnologia para rastrear alimentos e produtos em todas as etapas de produção. Crédito: Divulgação

Blockchain é a tecnologia que se propõe a gerar confiança nas transações entre pessoas e entre empresas eliminando a necessidade de intermediários como cartórios, corretores, bancos centrais ou governos. Imagine uma espécie de Uber em que os motoristas negociam diretamente com os consumidores ou em um Spotify que une músicos e ouvintes.

> Frutas e legumes poderão ser rastreados no ES

A garantia é dada por um engenhoso sistema distribuído em vários computadores na rede, compartilhado, redundante, imutável e criptografado totalmente digital. Vale para bitcoins e outras criptomoedas como a nova proposta da Libra do Facebook e para compra e venda de imóveis ou outros tipos de transferência de propriedade.

A tecnologia também gera confiança na rastreabilidade de medicamentos, na privacidade e abrangência de registros médicos pessoais, no registro de propriedade de terras, na certificação de produtos e nas transações comerciais internacionais. É um poderoso instrumento contra fraudes, porque exigiria alterações em inúmeras cópias das informações armazenadas e qualquer tentativa seria fácil e rapidamente detectada.

O consumidor final está cada vez mais preocupado com que consume e o blockchain é a ferramenta ideal para a rastreabilidade de alimentos, ao registrar e permitir acesso a todos os passos dessa cadeia. Poderia registrar quando e onde a semente foi plantada, que fertilizantes e defensivos foram aplicados e em quais quantidades, quando a plantação foi colhida, como foi transportada, onde foi armazenada, como foi comercializada e assim por diante. Para o comércio de orgânicos seria fundamental e valoriza os produtos no comércio internacional. A tecnologia é útil na contaminação detectada em uma etapa do processo e que pode ser rastreada até o início do problema, evitando a eliminação desnecessária de lotes não contaminados.

Blockchain pode ser usado para armazenar todas as etapas da produção de diamantes, desde a extração até a chegada ao consumidor final, para garantir a compra de um produto que não foi falsificado ou roubado. Para vinhos, poderia se saber com confiança, a partir do rótulo, informações da plantação ao engarrafamento e transporte.

Mas a aplicação da tecnologia exige um nível de cooperação entre atores que testa a afirmação de Yuval Harari, em “Homo Deus”, de que o fator crucial da conquista do mundo pelo gênero humano, em detrimento de outras espécies, foi a nossa capacidade única de cooperação flexível, em grande escala, de muitos humanos uns com os outros. Agora de forma digital e sem ninguém para arbitrar. Vejamos até onde a tecnologia Blockchain vai nos levar.

A Gazeta integra o

Saiba mais
consumidor tecnologia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.