ASSINE

Cooperativa alia tradição e tecnologia para crescer

Moderna, nova fábrica da Selita, no Sul do Espírito Santo, dobrará captação de leite, reduzirá custos e aumentará eficiência

Tempo de leitura: 3min
Publicado em 17/12/2021 às 01h00
O novo parque industrial da Selita  tem área de 42 mil metros quadrados, sendo 30 mil metros de área construída
O novo parque industrial da Selita tem capacidade para receber até 800 mil litros de leite por dia. Crédito: Selita/ divulgação

Com a recente inauguração de um parque industrial moderno e sustentável com capacidade para receber até 800 mil litros de leite/dia e ampliar a variedade de produtos, a Cooperativa de Laticínios Selita acredita na retomada da economia e está otimista com a chegada de 2022.

Há 83 anos no mercado capixaba, a empresa alia tradição e inovação para atender ao gosto do consumidor capixaba, que a elegeu como vencedora na categoria “Leite e Derivados” do prêmios Marcas de Valor 2021.

“As perspectivas são bastante positivas. Estamos bem confiantes em virtude do efetivo combate à pandemia por meio das vacinas. Consequentemente, o aquecimento da economia já mostra sinais. Somado a isso, inauguramos um novo parque industrial, em Safra, Cachoeiro de Itapemirim, Sul do Espírito Santo. Trata-se de uma indústria moderna, com equipamentos de última geração, sustentável, com capacidade de receber até 800 mil litros de leite/dia”, afirma o presidente da Selita, Leonardo Monteiro.

Segundo Monteiro, “o reconhecimento do público é reflexo da busca diária da Selita, que há 83 anos se reinventa para aprimorar a qualidade dos produtos e produzir alimentos cada vez mais saudáveis, saborosos e confiáveis. E isso os nossos consumidores conseguem perceber no seu dia a dia”.

DIFERENCIAL

Para a empresa, as instalações mais amplas e inovadoras devem diminuir custos e aumentar a eficiência, praticamente duplicando a capacidade instalada de receptação de leite. Além disso, a cooperativa investe em ações voltadas ao meio ambiente e à sustentabilidade, quesitos importantes para o fortalecimento e a perenidade de uma marca.

Leonardo Monteiro

Presidente da Selita

"O grande diferencial da cooperativa é a qualidade de seus produtos. Os consumidores têm a certeza de que estão consumindo um alimento saudável, saboroso e confiável. A Selita se preocupa em oferecer o melhor para uma alimentação equilibrada. O nosso DNA da qualidade é passado de geração a geração e faz a grande diferença na mesa do consumidor"

Com a nova estrutura, a cooperativa de laticínios pretende aumentar seu poder de competitividade no mercado lácteo. A empresa possui cerca de 450 colaboradores diretos e mais de 10 mil pessoas envolvidas indiretamente em toda a cadeia produtiva.

COOPERATIVISMO

Para a Selita, o cooperativismo é o melhor modelo de negócios. “Para nós, tem dado certo, porque aproxima as pessoas, educa e dá oportunidade para todos. Somos fiéis aos seus princípios doutrinários. Uma história é feita de homens e seus sonhos”, diz Monteiro.

A Selita hoje conta com 1.800 cooperados, sendo a maioria formada por pequenos produtores, que estão localizados em 51 municípios entre o Espírito Santo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A maior parte dos cooperados, aproximadamente 90%, está em terras capixabas.

A cooperativa, que apostou na inovação durante a pandemia, fornece para os mercados do Espírito Santo, parte do Rio e Sul da Bahia e conta com um portfólio com 85 produtos, como os das linhas de leite UHT, leite em pó, queijo, iogurtes, requeijão, manteiga, doce de leite e creme de leite, entre outros.

Este vídeo pode te interessar

“Não é fácil, é preciso se reinventar a cada dia, com práticas e ações diferenciadas, adaptando-nos a este novo momento. Procuramos realizar ações com os nossos colaboradores, colocando-os no contexto deste novo momento, através de práticas de preservação de sua segurança e também motivando-os a se reinventar. É preciso ter resiliência nas ações e nas atitudes”, enfatiza o presidente.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Marcas de Valor Cooperativas

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.