Decisiva nos últimos três jogos, dupla 'Mosquito e Cazares' aproveita chance no Corinthians

Ambos ganharam sequência nas últimas partidas e participaram de pelo menos um gol em cada duelo, correspondendo à aposta do técnico Vagner Mancini nesta arrancada...

Publicado em 16/01/2021 às 05h00
Atualizado em 16/01/2021 às 08h01
 Crédito: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Crédito: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

A boa fase do Corinthians tem origem em diversos fatores, principalmente Vagner Mancini, que potencializou a qualidade de alguns jogadores, dando novas oportunidades. Entre esses casos estão Cazares e Gustavo Mosquito, que ganharam sequência nas últimas rodadas do Brasileirão e corresponderam à aposta do treinador. Dupla participou de gols nos últimos três jogos.TABELA> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA> Veja os jogadores que participaram dos gols do Timão na Era Mancini

Com sete partidas de invencibilidade e quatro vitórias consecutivas, o Timão teve uma evolução em todo o conjunto, mas preponderantemente no ataque, que vinha sendo um problema durante todo o ano de 2020. Acontece que parece que isso foi solucionado, e tanto Cazares quanto Mosquito são responsáveis diretos por esse crescimento recente do setor ofensivo.

O primeiro a receber a oportunidade para uma sequência foi o equatoriano, logo no clássico com o São Paulo, na Neo Química Arena. Apesar de não ter participado diretamente do gol de Otero naquele dia, teve boa atuação e seguiu no time titular de Vagner Mancini, após se readequar fisicamente e se recuperar de estiramento. Foi iniciada ali a sequência de vitórias corintianas.A vez de Gustavo Mosquito chegou na partida seguinte, diante do Goiás, também na Neo Química Arena. E não demorou muito para ele justificar a aposta de Mancini. Foi dele o gol de empate, com assistência justamente de Cazares, que ainda daria mais um passe para Jô balançar a rede e decretar a segunda vitória consecutiva do Corinthians, a primeira sequência no pós-pausa.

Com a ótima partida do equatoriano, e com a mudança de postura no ataque proporcionada por Mosquito, que deu uma velocidade antes carente no setor, ficou fácil para Mancini estabelecer quem formaria o ataque alvinegro no jogo seguinte, contra o Botafogo: Gustavo, Cazares, Otero e Jô foram mantidos e novamente o resultado veio: 2 a 0 no Rio de Janeiro, sendo um dos gols com assistência de Mosquito para Cazares, devolvendo a gentiliza ao companheiro.

Depois de 17 dias de treinamento, o Corinthians voltou a campo para enfrentar o Fluminense. Mesmo sem Otero, com Covid-19, a força ofensiva correspondeu, e atropelou o adversário carioca na Neo Química Arena. Entre os cinco gols da goleada, não poderia faltar a participação da dupla. No segundo tento, Gustavo Mosquito arrancou pela direita e cruzou rasteiro para Cazares finalizar no cantinho e balançar a rede, sem chances para o goleiro Marcos Felipe pegar.

Responsável direta por um gol em cada um desses últimos três jogos, a dupla formada por Cazares e Gustavo Mosquito parece ter caído de vez nas graças de Vagner Mancini, que deve mantê-los para o Dérbi contra o Palmeiras, na próxima segunda-feira. Até outro dia olhados sob desconfiança pela torcida, e sem tantas chances como titulares, a situação mudou e eles parecem cada vez mais consolidados como parte da espinha dorsal corintiana neste Brasileirão.

Na próxima segunda-feira, às 19h, o Corinthians vai até o Allianz Parque para duelar com o Verdão pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, jogo atrasado por conta da participação do rival na Copa Libertadores. Atualmente, o Alvinegro ocupa a oitava colocação na tabela de classificação com 42 pontos.​Gols do Corinthians nos últimos três confrontos:​2 x 1 em cima do GoiásGols: Gustavo Mosquito (assistência de Cazares) e Jô (assistência de Cazares).

2 x 0 em cima do BotafogoGols: Cazares (assistência de Mosquito) e Mateus Vital.

5 x 0 em cima do FluminenseGols: Jô (rebote de chute de Mosquito), Cazares (assistência de Mosquito), Fagner (assistência de Cantillo), Mateus Vital (assistência de Gabriel) e Luan (assistência de Camacho).

corinthians

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.