ASSINE

Dona de casa apanha do namorado após ir em festa sozinha

Mulher levou socos e teve os cabelos puxados por motorista, com quem se relaciona há cerca de um mês, e ainda foi arrastada pelo chão

Publicado em 02/06/2019 às 22h30
Mulher é agredida pelo marido, em Itararé, bairro de Vitória. Crédito: Fernando Madeira
Mulher é agredida pelo marido, em Itararé, bairro de Vitória. Crédito: Fernando Madeira

Uma dona de casa, de 40 anos, foi agredida pelo namorado, um motorista, de 38 anos, na tarde deste domingo (2), em Vitória. A mulher ficou bastante machucada, com escoriações pelo corpo (principalmente pernas e braços), na cabeça e um corte profundo próximo ao nariz, que chegou a sangrar bastante. A vítima prestou queixa no Plantão Especializado da Mulher (PEM)  e o acusado foi detido.

A confusão começou na noite de sábado (1º). A dona de casa foi sozinha a uma festa na praça do bairro onde o casal mora. Já na tarde de domingo, por volta de meio-dia, ela foi visitar o namorado a fim de fazer uma faxina na casa dele. Bastante alcoolizado, segundo a vítima, o motorista tirou satisfações sobre os motivos de ela ter ido se divertir sozinha.

Não satisfeito com as respostas, o motorista começou a agredi-la, dando socos no rosto e no braço. Ele chegou a puxar os cabelos da mulher, a arrastando com o rosto virado para o chão até a saída da casa. De acordo com a vítima, foram mais de duas horas de agressões.

Aconselhada pela irmã, ela decidiu ligar para o Ciodes-190. A Polícia Militar foi até o local. O acusado e a vítima foram encaminhados para o Plantão Especializado da Mulher. 

 

A Gazeta integra o

Saiba mais
vitória

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.