ASSINE

Jovem fica paraplégico após ser baleado em tentativa de assalto em São Mateus

O crime aconteceu na noite da última sexta-feira (29), na entrada do bairro Santo Antônio. O assaltante não levou nada da vítima

Publicado em 03/01/2018 às 10h23
Jordan Pestana, 23 anos, foi baleado durante uma tentativa de assalto . Crédito:  Reprodução | Facebook
Jordan Pestana, 23 anos, foi baleado durante uma tentativa de assalto . Crédito: Reprodução | Facebook

Um jovem de 23 anos ficou paraplégico ao ser baleado em uma tentativa de assalto na entrada do bairro Santo Antônio, em São Mateus, Norte do Estado. O crime aconteceu por volta das 22 horas da última sexta-feira (29), após Jordan Pestana fazer uma entrega de moto para a lanchonete da família. O assaltante não levou nada da vítima.

De acordo com o pai do rapaz, o comerciante Olney Barbosa de Mattos, Jordan foi surpreendido pelo criminoso ao passar em um quebra-molas. "O bandido disse 'perdeu' e atirou três vezes. Um dos tiros acertou o ombro do meu filho, passou pela coluna e estilhaçou uma vértebra. A bala ficou alojada no outro lado do peito", contou.

O jovem foi socorrido por um carro que apareceu logo em seguida para o Hospital Roberto Silvares, em São Mateus, onde continua internado. Olney informou que o filho está paralisado do peito para baixo e a bala continua alojada. "Não pode ser retirada porque a área é de risco. Vai ter que esperar desinchar e o médico avaliar. São seis a sete médicos trabalhando no caso".

BALA QUASE ATINGIU O CORAÇÃO

Por telefone, um tio de Jordan disse que, por pouco, a bala não atingiu o coração. O rapaz está na enfermaria do hospital e o estado dele é estável. O parente disse que o sobrinho está conversando e se alimentando, mas sente muita dor no braço esquerdo. Logo quando chegou, ficou um dia na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não precisou ser entubado.

Olney disse que o filho está evoluindo bem. "Hoje ele conseguiu pegar uma maçã e morder. A gente já está vendo resultado, em nome de Jesus". A previsão é de que ele receba alta daqui a 10 dias. Jordan é técnico em mecânica industrial formado pelo Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes).

DOAÇÃO

Após o ocorrido, a família fechou a lanchonete e abriu uma barbearia. Para ajudar no tratamento de Jordan, os familiares pedem doações. De acordo com o pai, depois de sair do Hospital Roberto Silvares, o filho deverá fazer um tratamento em Belo Horizonte. "Ele vai precisar de fisioterapia, fraldas, vai ter que ter enfermeiro". Quem puder ajudar pode fazer o depósito na conta bancária da mãe de Jordan. Os dados são: banco Itaú / agência 7409 / conta 19853-3 (Maria Mattos).

INVESTIGAÇÃO

A Polícia Civil informou que o caso está sob investigação da Delegacia Patrimonial de São Mateus. Até o momento, ninguém foi detido. Denúncias que colaborem com o trabalho da polícia podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia 181. O sigilo e o anonimato são garantidos.

 

 

A Gazeta integra o

Saiba mais
assalto são mateus

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.