ASSINE

Qualidade sobre rodas: Moto Vena acelera e se destaca com o público

A marca conquistou o reconhecimento  investindo em profissionais capacitados e nos melhores produtos

Publicado em 19/08/2020 às 02h34
Concessionária Moto Vena
Concessionária Moto Vena: integrante do Grupo Contauto é revendedora da Honda no Espírito Santo. Crédito: Divulgação/Moto Vena

Há mais de 33 anos no mercado, a Moto Vena garantiu seu lugar de destaque na memória dos capixabas, conquistando o 2º lugar no Prêmio Recall de Marcas Rede Gazeta, no segmento concessionária de motocicletas.

Integrante do Grupo Contauto, a Moto Vena teve a primeira loja aberta em 1988, em Vitória, no endereço que ainda funciona atualmente. Em 2003, a empresa abriu a segunda loja, em Vila Velha, e, mais tarde, chegou a Domingos Martins e Marechal Floriano, municípios da região Serrana do Estado. Atualmente, a empresa possui seis unidades no Espírito Santo, incluindo três concessionárias.

“Receber este prêmio é a retribuição de um trabalho bem-feito e prestado aos nossos clientes, com a colaboração de toda a equipe Moto Vena, e o orgulho de atuar com a Honda, que detém 80% do mercado de motocicletas do Brasil”, comemora o diretor da empresa, Gabriel Rizk.  Para ele, o sucesso da concessionária se deve à oferta de produtos e serviços de alta qualidade, além da fidelização dos clientes.

A parceria com a Honda também é um dos diferenciais da empresa, que conta com oficina equipada e profissionais capacitados pela marca atuando no atendimento direto ao cliente. Outro serviço garantido pela Moto Vena é o ‘Box Expresso’, que realiza inspeções e reparos em motocicletas em até 1 hora. O cliente Moto Vena também tem a vantagem de personalizar a motocicleta com diversos acessórios e peças.

Pensando em manter os clientes e colaboradores em segurança, neste período de pandemia, a empresa fez adaptações para atender aos novos protocolos de saúde.

Gabriel Rizk, diretor da Moto Vena
O diretor da empresa, Gabriel Rizk, destaca o foco nos clientes e na excelência da prestação de serviços. Crédito: Divulgação/Moto Vena

“Adaptar-se ao novo normal foi apenas uma questão de conexão entre os fatos e as necessidades. Além de todo o protocolo exigido pelo sistema de saúde e a obrigatoriedade do distanciamento social, contamos com a total compreensão de nossos colaboradores, numa mudança radical onde o óbvio foi preservar a saúde e poupar vidas, as  nossas e de nossos clientes”, destaca o diretor.

Para permanecer na memória do capixaba, a Moto Vena se propõe a preservar o caminho que vem trilhando até aqui. “Sempre com a visão de dar continuidade à excelência na prestação de serviços e no fornecimento de produtos de qualidade, sem tirar o foco dos nossos clientes internos e externos”, ressalta Gabriel Rizk.

Recall 2020

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.