ASSINE

Presidente do Fortaleza frisa importância esportiva em avançar na Copa do Brasil

Marcelo Paz também comentou sobre como se deu o processo para a escolha do até então bem sucedido treinador Juan Pablo Vojvoda...

Publicado em 15/09/2021 às 06h31
Atualizado em 15/09/2021 às 10h01
 Crédito: Presidente tem gestão de bons resultados esportivos e financeiros (Reprodução/Instagram Marcelo Paz
Crédito: Presidente tem gestão de bons resultados esportivos e financeiros (Reprodução/Instagram Marcelo Paz

Apesar do caráter milionário que representa a continuidade de disputa na Copa do Brasil, o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, preferiu priorizar o significado esportivo que teria para o Leão do Pici eliminar o São Paulo nesta quarta-feira (15) e, consequentemente, chegar a uma inédita semifinal. >Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOSPara o mandatário, são resultados dessa magnitude que ajudarão o clube no processo de consolidação da marca a nível nacional, colocando o clube de vez no cenário dos constantemente vistos como equipes fortes e não, necessariamente, equipes que façam campanhas surpreendentes:

- A Copa do Brasil é um dos torneios mais valorizados do nosso calendário, o dinheiro é essencial para o cronograma, mas penso que a questão desportiva possui um valor superior, o Fortaleza busca uma consolidação na elite do futebol nacional para conseguir almejar grandes objetivos.

Um dos elementos centrais da continuidade da grande fase da equipe dentro das quatro linhas, o processo de escolha para a chegada do técnico argentino Juan Pablo Vojvoda foi comentado por Marcelo. Processo esse que, segundo ele, contou apenas com um pré-requisito básico:

- Para buscar o novo comandante, não definimos um nome específico. A nossa equipe de apoio estava buscando um profissional com bons trabalhos em equipes com pouco investimento. Durante o processo, entrevistamos diversas vezes com o Vojvoda, o técnico veio acompanhando de uma comissão experiente e estamos muito contentes com os resultados.

Com o empate em 2 a 2 no confronto de ida que aconteceu no Morumbi, quem vencer avança. Um novo empate, por qualquer placar, leva a decisão para as penalidades.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.