> >
Pai de primeira viagem, volante da Desportiva lamenta derrota em clássico

Pai de primeira viagem, volante da Desportiva lamenta derrota em clássico

Locomotiva Grená, do camisa 8 Max, perdeu a vice-liderança da Copa Espírito Santo após revés para o Vitória

Publicado em 25 de setembro de 2019 às 15:23

Ícone - Tempo de Leitura 0min de leitura
Volante Max, da Desportiva Ferroviária, e o seu filho Bryan. (Arquivo pessoal)

A Desportiva Ferroviária conheceu a sua segunda derrota na Copa Espírito Santo 2019, quando foi superada pelo Vitória, na partida da sétima rodada da primeira fase. O clássico do último final de semana era muito importante para o clube, para torcida e para Max.

Além da luta pela vice-liderança, o jogo marcou um protesto de torcedores contra os valores dos ingressos e foi o primeiro do volante como pai. O camisa 8 entrou motivado na partida após o nascimento do pequeno Bryan.

- Para mim tinha uma motivação a mais esse jogo, por ser um clássico e pelo nascimento do meu primeiro filho, um dia antes. Nosso time também estava motivado para ganhar o jogo pela torcida, por conta do gesto que fizeram Acho que isso acabou influenciando um pouco no resultado porque o apoio deles dentro do estádio é algo diferente, sempre nos dá um fôlego à mais.

Quem assistiu ao clássico, no estádio Salvador Costa, pode observar a Desportiva jogando para frente e dominando os primeiros 15 minutos. No entanto, a Locomotiva não manteve o ritmo e o Alvianil equilibrou o jogo e chegou à vitória. Para o volante Max, a equipe grená poderia ter saído na frente. O camisa 8 ainda cita que o gol do Vitória saiu no em um momento de desatenção do grupo.

- Fomos para o clássico na intenção de vencer, como estamos fazendo em todas as partidas que jogamos até agora. E, sabendo da qualidade da equipe do Vitória, nossa equipe se impôs durante grande parte do jogo. Por ser um time leve e veloz, manter um ritmo forte durante os 90 minutos é algo impossível. Foi quando a equipe deles começou a jogar. Mas nosso time teve chance de marcar na primeira etapa, e pecamos na finalização. Acabou que, e em um momento de desatenção, eles marcaram o gol.

Este vídeo pode te interessar

Na sequência da Copa Espírito Santo, a Locomotiva Grená recebe o Pinheiros, no sábado, às 15h, no estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica.

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais