ASSINE

Mancini diz que chuva foi importante ao Corinthians e valoriza 'superação'

Após empate com o Palmeiras, treinador disse que time foi montado na 'palestra' por causa dos diversos desfalques de última hora...

Publicado em 03/03/2021 às 19h43
Atualizado em 03/03/2021 às 23h30
 Crédito: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Crédito: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

O Corinthians sofreu dois gols, mas conseguiu o empate com o Palmeiras por 2 a 2, na noite desta quarta-feira, na Neo Química Arena. Os gols alvinegros saíram quando chovia bastante em Itaquera e o gramado estava encharcado. Após a partida, o técnico Vagner Mancini disse que a chuva ocorreu em momento "importante" e valorizou a superação do time que teve diversos desfalques por causa do surto de coronavírus.- Acho que a chuva veio num momento importante para nós, o Palmeiras era superior, tinha aberto dois gols de vantagem e a chuva acabou equilibrando. Mas o grande momento do Corinthians foi no segundo tempo, com um pouco de chuva e um pouco sem. Acho que o Corinthians se encaixou melhor a partir do momento que entendeu o jogo, mas a grande virada foi na segunda etapa, o time voltou diferente, independentemente da chuva. Não deu espaços, brigou, valorizou mais a bola - avaliou o treinador.

Mancini disse que o time foi montado na "palestra". Na terça-feira, oito jogadores haviam sido diagnosticados com coronavírus. Nesta quarta, Camacho apresentou febre e deixou a concentração, e Léo Natel sentiu dores decorrentes de um trauma na perna.

- Temos que enaltecer a superação do Corinthians em campo, um time que foi montado na palestra, não fez um treino tático. Embora seja um elenco que treina diariamente, para esse duelo foi feito tudo na palestra dentro do vestiário. Isso de certa forma oferece uma facilidade ao adversário até o time encaixar - afirmou Mancini.

Camacho realizará exame para saber se a febre é por causa do coronavírus. Os jogadores que foram infectados pela doença e são desfalques certos são os goleiros Cássio e Guilherme, os laterais Fagner e Fábio Santos, o zagueiro Raul, os volantes Gabriel e Ramiro e o atacante Cauê. Além disso, mais 11 profissionais do clube tiveram testes positivos para a Covid-19.

Com dois empates nos dois primeiros jogos do Campeonato Paulista, o Corinthians volta a treinar nesta quinta-feira, no CT Joaquim Grava. O próximo jogo da equipe será no domingo, contra a Ponte Preta.

corinthians

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.