ASSINE

Com cinco gols no segundo tempo, CSA massacra o CEO pelo Campeonato Alagoano

Com o resultado, o Azulão assume a liderança temporariamente do Campeonato Alagoano...

Publicado em 03/03/2021 às 19h15
Atualizado em 03/03/2021 às 22h31
 Crédito: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas
Crédito: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

Pela 3ª rodada do Campeonato Alagoano, no estádio Rei Pelé, o CSA atropelou o CEO pelo placar de 5 a 0. O Azulão foi melhor do começo ao fim, mas conseguiu fazer os cinco gols somente na segunda etapa. Destaque para Dellatorre, que fez dois gols. Com o resultado, o CSA assume temporariamente a ponta da tabela com 7 pontos. O CEO permanece na 7ª posição, com apenas 1 ponto ganho.Próximos jogos: O CEO enfrenta do Coruripe, dia 13 de março. Já o CSA pega o ASA apenas dia 27 de março, no dia 27 de março.

A partida

CSA CARIMBA O TRAVESSÃO LOGO DE CARAO CSA começou o jogo mostrando para o CEO quem manda no estádio Rei Pelé. João Victor cruzou certinho na pequena área, Marco Túlio subiu bem e cabeceou firme, Matheus conseguiu espalmar. A bola ainda “beijou” o travessão antes de sair.

AZULÃO MANDA NO JOGO, MAS NÃO CONSEGUE MARCARO time do CSA continuou dominando o jogo e pressionando de forma incessante durante todo o primeiro tempo. Mas a falta de pontaria na hora da finalização e o sistema defensivo da equipe do CEO foram determinantes para que a etapa inicial terminasse sem gols.

CSA COMEÇA PRESSIONANDO NO SEGUNDO TEMPO E CONSEGUE O GOLO Azulão voltou ainda mais determinado a fazer o gol na etapa complementar. Em 5 minutos, foram três chances criadas: a primeira foi no travessão, a segunda passou tirando tinta da trave e terceira saiu o gol. Vitor Costa cruzou na área, Dellatorre foi oportunista e chegou chutando para abrir o marcado: 1 a 0 para o CSA.

CINCO MINUTOS, O SEGUNDO GOL DO AZULÃOO time do CEO nem tinha ainda conseguido digerir o primeiro gol tomado e já tomou, cinco minutos depois, o segundo gol. Em falta da entrada da área, Fabrício soltou uma bomba, a bola explodiu na trave e entrou: 2 a 0 para o CSA.

CEO TENTA SE DEFENDER, MAS CSA ENCONTRA OS GOLS E GOLEIA NA FINAL DO JOGOO CSA continuou muito melhor e dominando o jogo. O CEO fazia de tudo e mais um pouco para não tomar mais gols. Mas o Azulão era insistente, permaneceu pressionando e encontrou três gols nos últimos 15 minutos do jogo. Aos 32, após cruzamento, Dellatorre marcou de cabeça. Aos 36, Bruno Mota aproveitou cruzamento rasteiro e fez o 4º gol. E o placar foi fechado com Silas, aos 38 da segunda etapa: 5 a 0.

CSA 5 x 0 CEO - 3ª RODADA DO CAMPEONATO ALAGOANOEstádio: Rei Pelé, em Maceió (AL)Data: 03 de março de 2021, às 20h (de Brasília)Árbitro: Márcio dos Santos Oliveira (FAF)Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araújo (CBF) e Wellington da Silva Santos (FAF)Cartões amarelos: (CSA), Alemão (CEO)Cartões vermelhos:GOLS: Dellatorre, 5’/2ºT (1-0), Fabrício, 10’/2ºT (2-0), Dellatorre, 32’/2ºT (3-0), Bruno Mota, 36’/2ºT (4-0), Silas 38’/2ºT (5-0)

CSA (Técnico: Mozart)Darley; Cristovam (Norberto, aos 34’/2ºT), Rodolfo Filemon, Fabrício e Vitor Costa; Marquinhos, João Victor (Silas, aos 19’/2ºT) e Bruno Mota; Rodrigo Pimpão (Gabriel, aos 19’/2ºT), Marco Túlio (João Paulo, aos 27’/2ºT) e Dellatorre (Ryan Gonzalez, aos 34’/2ºT).

CEO (Técnico: Jânio Fialho)Luiz Fernando; Diego (Gaspar, aos 11’/2ºT), Alemão, Cleriston (Potiguar, aos 7’/2ºT) e Caio Breno; Anderson Recife, Bruno Kabelo, Dannyel (Wesley, aos 25’/2ºT) e Roger (Manu, aos 25’/2ºT); Jeferson Carioca e Mika (Antonio Carlos, aos 11’/2ºT).

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.