ASSINE

Obra paliativa para conter contenção em Piúma perto de ficar pronta

O serviço, que utiliza sacos com areia para conter a força do mar, custou R$ 48 mil

Publicado em 26/12/2018 às 10h37
Obras de contenção da erosão de Piúma . Crédito: Internauta Gazeta Online - Alessandra Zouain
Obras de contenção da erosão de Piúma . Crédito: Internauta Gazeta Online - Alessandra Zouain

Uma obra paliativa de contenção da erosão da praia de Piúma, no Litoral Sul, deve estar pronta até a próxima semana, garante a prefeitura. Há 15 anos a praia tem sido destruída com a força do mar. Preocupados, moradores e comerciantes chegaram a fazer diversas manifestações. Eles lamentam que a obra tenha começado com o início da alta temporada.

A erosão atinge a orla desde 2003. Foram feitas algumas obras, mas nada foi suficiente para conter de vez a força do mar. Em janeiro de 2017 vários pontos ofereciam riscos para a população. Postes, quiosques e coqueiros ameaçavam cair.

A corretora de imóveis Alessandra Zouain, 44 anos, chegou a fazer uma manifestação para pedir uma solução para o problema. Ela está feliz com a obra, que começou a ser feita no final da primeira quinzena deste mês, mas lamenta que só tenha começado agora.

“Eles haviam prometido fazer esta obra em setembro. É bom que seja feito, só lamento que seja feito em pleno verão, com feira do sul, com parquinho e os turistas começam a chegar hoje”, disse.

O comerciante Wellington Silva Santos, de 63 anos, proprietário de uma sorveteria,também acredita que esta obra deveria ter iniciado antes. “Vai ser uma boa, os turistas já estão chegando. Só acho que foi um pouco atrasada. Enquanto não tiver caos, não existe um salvador”, finalizou.

O QUE DIZ A PREFEITURA

Por meio de nota, a prefeitura informou que a obra paliativa emergencial para o período de alta temporada de verão servirá para o controle da erosão, que atingiu aproximadamente 600 metros de extensão da praia Central. Estão sendo colocados na parte mais afetada pela erosão 800 big bags que custaram cerca de R$ 48 mil e suportam até 1.500 kg de areia.

Ainda de acordo com a administração municipal, além das máquinas e caminhões que já trabalham para a prefeitura, a mão de obra também é própria. A maior parte do trabalho deve estar concluída até a próxima sexta-feira (28), e, o trabalho completo, antes de janeiro.

A Gazeta integra o

Saiba mais
piúma

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.