ASSINE

Vídeo mostra suspeito saindo de moto após matar empresário em Vila Velha

Após a morte de Pedro Luciano Scalfoni, o suspeito para com a moto próximo ao local do crime, permanece por alguns minutos e sai tranquilamente pouco depois. Polícia investiga o homicídio

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 16/10/2021 às 17h40
Vila Velha
O motociclista permaneceu parado por alguns minutos depois do homicídio próximo ao local do crime. Crédito: Arquivo pessoal

Câmeras de segurança registraram o momento em que o suspeito de assassinar o empresário Pedro Luciano Scalfoni, de 48 anos, na tarde desta sexta-feira (15), pouco antes das 17h, no bairro Residencial Coqueiral, em Vila Velha, deixa o local do crime de moto. Pedro estava no comércio dele - uma loja de manutenção de aparelhos eletrônicos - quando foi morto com pelo menos cinco disparos, na região do peito e também no pescoço.

O crime ocorreu na Rua Marilândia. Imagens obtidas pela reportagem da TV Gazeta mostram o criminoso de moto na frente da loja da vítima. Às 16h26, o cenário era de normalidade nas imediações do estabelecimento de Pedro Luciano. Crianças conversavam na calçada, pessoas caminhavam pela rua tranquilamente e outras passavam de bicicleta.

Cerca de um minuto depois, dois jovens correm do local onde estavam, aparentando terem se assustado com algo. Testemunhas contaram que o bandido, antes do crime, passou de moto várias vezes na frente da loja. Mas Pedro tinha saído do estabelecimento. O criminoso chegou a fingir que era um cliente. Antes do assassinato, o homem foi na loja e perguntou a funcionários se lá fazia conserto de geladeira, serviço que não é feito ali. Mas Pedro não estava na loja no momento.

Então, o assassino foi para a esquina e ficou por 15 minutos esperando a vítima voltar para a loja. Quando Pedro voltou, o criminoso se aproximou e atirou várias vezes contra ele.

Câmeras mostram movimentação após comerciante ser morto em Vila Velha

Após o crime, o suspeito permanece por alguns instantes  e observa a movimentação, sem demonstrar anormalidade.

Nesse intervalo, uma mulher chega em um carro vermelho e estaciona alguns metros à frente de onde o suspeito se encontrava. Ela abre o porta-malas do veículo e aparenta não desconfiar do crime que havia ocorrido. Situação parecida ao vendedor de picolés que passa em frente ao homem suspeito e caminha sem observar  nada. Somente às 16h31 o criminoso deixa o local.

"AMEAÇAS"

Amigos de Pedro, que por medo optaram por não gravar entrevista, informaram que no dia anterior o comerciante havia dito ter recebido ameaças de morte por telefone, mas sem relevar a motivação.

Vila Velha
Pedro Scalfoni foi assassinado dentro da própria loja de eletrônicos em Vila Velha. Crédito: Instagram | @pedrolucianoscalfoni

Na manhã deste sábado (16), a Polícia Civil, em nota, informou que o caso seguirá sob investigação da Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha. Até o momento nenhum suspeito foi detido e outras informações não serão repassadas por enquanto.

A PC destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas.

Com informações de Caique Verli, da TV Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.