ASSINE

Caso Thiago Nossa: grupo foi contratado para matar mais empresários em Guarapari

Decisão da Justiça estadual manteve prisão preventiva de três suspeitos. Pelos depoimentos já prestados à polícia, criminosos foram contratados para "fazer limpa" de rivais do suposto mandante. Entenda

Tempo de leitura: 7min
Vitória
Publicado em 14/01/2022 às 12h47

Para ler essa matéria, junte-se a nós!

Conteúdo exclusivo para assinantes

R$ 1,99

* nos 6 primeiros meses. Depois pague R$ 19,90

Você pode cancelar quando quiser

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.