ASSINE

Criança de 2 anos atingida por concreto em Guarapari tem quadro estável

Apesar da melhora no estado de saúde, avó lamenta o fato da neta ainda não expressar reações nem reconhecer a família

Publicado em 26/10/2019 às 20h18
Prédio na Praia do Morro, em Guarapari, do qual o concreto da varanda se soltou atingindo a criança. Crédito: Defesa Civil Guarapari
Prédio na Praia do Morro, em Guarapari, do qual o concreto da varanda se soltou atingindo a criança. Crédito: Defesa Civil Guarapari

A criança de 2 anos que foi atingida por um pedaço de concreto que caiu da varanda de um edifício na Praia do Morro, em Guarapari, há uma semana, saiu da UTI para a terapia semi-intensiva do Hospital Infantil de Vitória. Segundo a avó da criança, o quadro de saúde da neta é estável e dentro do esperado, porém ela ainda não reconhece ninguém da família. “A cirurgia foi bem sucedida, mas ela ainda não reconhece a gente. Fica só olhando sem nenhuma reação, sem nenhuma expressão”, relata.

Ainda de acordo com a avó, os médicos aconselharam que a família levasse objetos que a neta gosta de brincar para poder estimulá-la. “Eu comprei uma boneca parecida com a boneca preferida dela, para ver se ela se alegrava um pouco, mas ela não teve nenhuma expressão de alegria no rostinho, e isso me deixa muito triste”, desabafa.

A família, que é de Pirapoca, Minas Gerais, está hospedada em um hotel em Vitória, e sendo assistida pelo condomínio do prédio onde ocorreu o acidente. “Todos estão sendo muito atenciosos com a gente. O pessoal do hospital, do condomínio, mas a única coisa que quero agora é pegar minha netinha e voltar para casa com ela bem.”

RELEMBRE O CASO

A criança de 2 anos e oito meses foi atingida na cabeça por um concreto da varanda de um edifício na Praia do Morro, em Guarapari, na noite do último sábado (19), quando passava pela calçada no colo do pai. Ela teve parte do crânio esmagado e passou por uma cirurgia.

A menina estava com um grupo de oito pessoas da família, que estava passeando pela primeira vez em Guarapari.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.