ASSINE

A Gazeta realiza live para lançamento do Canal Seu Dinheiro

O lançamento da página será nesta quinta-feira (25), às 15h, em live dentro da programação do Vitória Summit 2021 - Encontro de Líderes 2021, evento promovido pela Rede Gazeta

Tempo de leitura: 3min
Vitória
Publicado em 25/11/2021 às 08h27

Com o intuito de promover uma discussão sobre finanças, A Gazeta lança nesta quinta-feira (25) o Canal Seu Dinheiro, página que reunirá seis colunistas especializados, abordando os mais variados temas, como investimentos, macroeconomia, finanças pessoais, entre outros.  O lançamento será feito às 15h, em live dentro da programação do durante o Vitória Summit – Encontro de Líderes 2021, promovido pela Rede Gazeta. A live será transmitida nesta página. Acompanhe.

As colunas serão assinadas por Neyla Tardin, Renan Lima, Romero Oliveira, Pedro Lang, Luiz Alberto Caser e Flávio Pereira Mattedi, e publicadas a partir do dia 1º de dezembro.

Neyla Tardin, Pedro Lang, Renan Lima, Luiz Alberto Caser, Romero Oliveira e Flávio Mattedi assinarão coluna Seu Dinheiro
Neyla Tardin, Pedro Lang, Renan Lima, Luiz Alberto Caser, Romero Oliveira e Flávio Mattedi assinarão coluna Seu Dinheiro. Crédito: Divulgação/Montagem: Caroline Freitas

A editora-chefe de A Gazeta/CBN, Elaine Silva, destaca que a área de finanças pessoais sempre foi um dos focos principais da cobertura econômica de A Gazeta. "Mas sentimos a necessidade de criar conteúdos mais específicos e didáticos sobre dinheiro. Independente do momento econômico que vivemos, falar de gastos e investimentos é sempre importante".

Ela explica o propósito da ação: "A ideia é inspirar principalmente o público jovem, que se formou, pensa em realizar sonhos, projetos pessoais e profissionais como montar um negócio, viajar, se casar, poupar ou investir. Vamos unir a força da reportagem de A Gazeta com colunas de especialistas em finanças. Queremos ouvir dúvidas dos leitores, e interagir com eles para ajudar na melhor tomada de decisão sobre seus investimentos".

Professora da Fucape, doutora em contabilidade, especialista em finanças, consultora de empresas, Neyla Tardin destacou que as discussões a serem feitas têm muito a acrescentar no dia a dia da população, em especial porque a educação financeira, embora esteja se popularizando, ainda não faz parte da rotina de maior parte dos brasileiros.

Neyla Tardin

Professora da Fucape, doutora em contabilidade, especialista em finanças, consultora de empresas

"É importante que haja esse diálogo sobre economia e mercado financeiro em meios de comunicação, que haja um canal para que pessoas especializadas falem a respeito, principalmente porque educação financeira é algo que ainda não se aprende nas escolas"

Neyla, em particular, lida diariamente com temas ligados ao empreendedorismo, empresas de base tecnológica, e mercado financeiro, e essas são algumas das frentes que pretende abordar em suas colunas.

Já o planejador financeiro CFP® da Meu Patrimônio, Renan Lima, pretende tratar, principalmente, do planejamento financeiro pessoal, que, ainda que de forma tímida, tem ganhado cada vez mais espaço no país.

Renan Lima

Planejador financeiro CFP® da Meu Patrimônio

"É muito comum você já ter o hábito de planejar em países mais desenvolvidos. O brasileiro nunca foi acostumado pois teve muitos planos econômicos e focava em viver o dia a dia, mas, desde o Plano Real, tem se tornado algo mais fácil de ser feito, desde que observados alguns cuidados"

Lima pontua que o planejamento financeiro pessoal envolve vários aspectos, como questões comportamentais, questões familiares, investimentos, planejamento de objetivos de vida, e todos esses pontos serão abordados.

O plano do head de renda variável e sócio da Valor Investimentos, Romero Oliveira, é abordar temas da economia nacional e internacional, traçando um paralelo com o mundo dos investimentos, mas também a forma como essas variáveis podem influenciar o dia a dia.

Ele observa que o mercado acionário trabalha com expectativa e, por isso, tenta-se prever o que acontecerá no curto e médio prazo.

Romero Oliveira

Head de renda variável e sócio da Valor Investimentos

"Tentamos fazer uma leitura dos fatos e de como isso vai impactar a vida das pessoas no médio prazo"

“Por exemplo, estamos vivendo um momento de inflação mais alta, o governo está subindo juros. Diante disto, para o ano que vem, já começamos a prever maior dificuldade de tomar crédito e uma atividade [econômica] mais fraca.”

Economista e head de renda variável da Valor Investimentos, Pedro Lang, também pretende abordar estes temas, assim como questões ligadas a fusões e aquisições de empresas, empresas públicas indo a mercado, como a ES Gás, entre outros aspectos.

“A discussão econômica é muito importante porque as discussões dos empresários e das famílias são muito mais acertadas quando têm conhecimentos para embasar essas decisões. Então ter essa noção do rumo dos agregados faz toda a diferença.”

Economista, especialista em gestão financeira, head de produtos e sócio da Valor Investimentos, Flávio Pereira Mattedi, por sua vez, abordará a renda fixa, que são os investimentos usualmente considerados mais seguros, ou conservadores.

“Quando se tem uma crise, como ocorre atualmente, fica bom para investir em tudo, porque os preços tendem a diminuir por um momento [facilitando a aquisição], podendo recuperar lá na frente. O desafio é tentar entender o que se encaixa melhor no perfil de cada cliente. Mas, de modo geral, a expectativa é de que possamos ajudar de alguma maneira às pessoas que querem começar a investir.”

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.