ASSINE

Mapa de risco da Covid-19 no ES passa a ter categoria "muito baixo"

Os dados da vacinação contra a Covid-19 nas cidades capixabas serão fator principal para que a classificação de "risco muito baixo" seja alcançada

Vitória
Publicado em 06/10/2021 às 19h45
Coronavírus
Mapa de Risco é uma ferramenta do governo estadual usada para determinar diretrizes de controle à pandemia. Crédito: Pixabay

A partir do dia 8 de novembro, o mapa de risco de transmissão da Covid-19 no Espírito Santo passará a contar com a possibilidade de classificação de "risco muito baixo", que será identificada na cor azul. Ao contrário de como funciona atualmente, essa nova categoria de risco não será aplicada exclusivamente a um município, mas sim por microrregiões capixabas. São elas:

  1. Caparaó
  2. Central Sul
  3. Centro-Oeste
  4. Rio Doce
  5. Central Serrana
  6. Litoral Sul
  7. Metropolitana
  8. Nordeste
  9. Noroeste
  10. Sudoeste Serrana

Mapa das microrregiões para o novo mapa de risco da Covid-19
Mapa das microrregiões para o novo mapa de risco da Covid-19. Crédito: Governo do ES

Os dados da vacinação contra a Covid-19 nas cidades capixabas serão fator principal para que a classificação de "risco muito baixo" seja alcançada, e, uma vez migrando para essa categoria, a microrregião não sairá mais. 

"Quando migrar para risco muito baixo, ela [microrregião] não volta mais para os outros riscos. Vai permanecer permanentemente no risco muito baixo. A não ser que venha uma outra crise, outra variante. Para os municípios migrarem para o risco muito baixo, além dos percentuais da vacinação, precisam ter pontos de testagem livres: Unidade de Saúde, pronto-socorro, algum local que a cidade organize", explicou o governador do Estado, Renato Casagrande, em pronunciamento na noite desta quarta-feira (6).

Este vídeo pode te interessar

COMO CHEGAR AO RISCO MUITO BAIXO?

  • 80% da população acima dos 18 anos precisa estar vacinada com as duas doses
  • 90% dos idosos precisam estar vacinados com a terceira dose, conhecida como "dose de reforço"
  • 90% da população dos adolescentes de 12 a 17 anos precisa ter tomado a primeira dose

O DOCUMENTO

Covid-19: nova Matriz de Risco

Veja documento divulgado pelo Governo do ES que mostra ponto a ponto o que muda a partir de 8 de novembro

COBERTURA VACINAL NESTA QUARTA (06)

EVENTOS LIBERADOS NAS REGIÕES DE "RISCO MUITO BAIXO"

A partir de 8 de novembro, municípios que estiverem nas regiões de risco muito baixo poderão realizar eventos com a capacidade máxima de pessoas que o local permita, que é determinada pelo Corpo de Bombeiros. Todos, no entanto, devem estar de máscaras e comprovar que estão vacinados contra a Covid-19.

OUTRA MUDANÇA

O governador do Estado também anunciou nesta quarta-feira uma alteração para a realização de eventos em cidades classificadas como "risco baixo", que são identificadas no mapa de risco com a cor verde. Nesses municípios, eventos serão liberados com 50% da capacidade de pessoas, com limite de 1,2 mil participantes. "Todos de máscaras e vacinados", ressaltou Casagrande. As mudanças também passam a valer a partir do dia 8 de novembro, quando o mapa de risco com a nova matriz entrará em vigência.

REVEJA O PRONUNCIAMENTO

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.