Coronavírus: sobe para dez o número de presos contaminados no ES

Além dos detentos, 18 agentes penitenciários e 17 profissionais da saúde que realizam atendimentos nas penitenciárias estão infectados; informações sobre os casos serão públicas

Publicado em 30/04/2020 às 20h24
Atualizado em 04/05/2020 às 14h55
Prisão
Casos dentro do sistema prisional capixaba crescem e número de detentos infectados pela Covid-19 chega a dez. Crédito: Shutterstock

Subiu para dez o número de presos que foram diagnosticados com o novo coronavírus no Espírito Santo. Os detentos são de três presídios, dois localizados em Viana e um em Cachoeiro de Itapemirim. A cidade da Grande Vitória concentra nove desses casos positivos.

Além desses internos, 18 agentes penitenciários e 17 profissionais da saúde que realizam atendimentos nas penitenciárias testaram positivo para a doença. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (30) pela Defensoria Pública do Estado (DPES), após recebê-los da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus).

De acordo com a pasta, que é responsável por todo o sistema prisional capixaba, os presos que contraíram a Covid-19 estão isolados em celas específicas e recebendo o atendimento médico adequado. Já os trabalhadores estão afastados do serviço para cumprir os protocolos recomendados.

SISTEMA PRISIONAL DO ES: QUEM TESTOU POSITIVO

  • 8 presos do Centro de Detenção Provisória de Viana II;
  • 1 detento da Penitenciária de Segurança Máxima I de Viana;
  • 1 interno da Penitenciária Regional de Cachoeiro de Itapemirim;
  • 18 inspetores penitenciários;
  • 17 colaboradores do Instituto Vida e Saúde (Invisa).

DADOS SERÃO PÚBLICOS

Atendendo a uma recomendação feita pela Defensoria Pública do Espírito Santo (DPES) na última segunda-feira (27), as informações a respeito de presos, servidores e prestadores do sistema prisional capixaba que forem diagnosticados com o novo coronavírus serão públicas.

Nesta quinta-feira (30), a Secretaria Estadual de Justiça (Sejus) informou que está trabalhando para divulgar os dados no próprio site, mas ainda não tem uma previsão de quando eles estarão disponíveis. A previsão é que os números sejam alimentados diariamente e “em tempo real”.

Já a Secretaria de Controle e Transparência do Estado (Secont), que também foi acionada pela recomendação, respondeu por meio de um ofício nesta quinta-feira (30),  que um estudo avaliará a possibilidade de disponibilizar os dados do sistema prisional no Painel Covid-19, da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa).

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.